Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Entenda os principais tipos de riscos antes de fazer investimentos

A- A+

Se você já sentou para conversar com seu gerente no banco, não importa o motivo, é provável que já tenha recebido uma oferta de investimentos. Assim como para você, a dúvida da maioria das pessoas é quanto aos tipos de riscos envolvidos na aplicação. Por isso, muitos optam por não investir.

No mundo financeiro, o risco é a probabilidade de perda ou de ganho em relação a um investimento. Em outras palavras, é o grau de incerteza quanto ao retorno financeiro.

Na regra geral, os investimentos mais arriscados são aqueles que podem dar melhor retorno de renda. Entretanto, a possibilidade de perda também é alta.

Tipos de riscos em investimentos

Oscilação do mercado exige atenção do investidor para evitar perdas. Foto: iStock, Getty Images

3 tipos de riscos em investimentos

Antes de partir para um investimento, conheça os três tipos de riscos mais comuns e avalie bem a aplicação do seu dinheiro.

Risco de crédito

Esse é um dos tipos de riscos mais comuns, relacionado ao pagamento por parte da instituição. Um exemplo é quando uma empresa não honra o pagamento de uma debênture.

Além disso, quem investe diretamente em ativos deve avaliar a qualidade do emissor, analisando a solidez da instituição e a classificação de risco (rating) da emissão do papel.

Há também investimentos com baixíssimo risco de crédito, como a caderneta de poupança e o CDB, que são assegurados pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC) até R$ 70 mil. Os títulos públicos – como LTN, NTN-F, LFT e NTN-B – são considerados os mais seguros do mercado.

Os fundos de investimento também oferecem baixo risco, uma vez que são apenas geridos pelo banco (mas não são propriedade dele). Em caso de falência da instituição financeira, a Comissão de Valores Mobiliários transfere a gestão do fundo, evitando prejuízo ao investidor.

Você vai se interessar por:

Teste: Você está pronto para começar um investimento em ações?

Tem R$ 5 mil à mão? Confira dicas de investimentos para esse valor

Entenda o que é COE e saiba como investir nele

Risco de mercado

Um dos principais tipos de riscos é o de mercado, que também pode ser chamado de volatilidade. Nada mais é do que a oscilação de diversos fatores que interferem diretamente no preço das ações como taxa de juros, taxas de câmbio estrangeiras e preços das commodities.

Risco de liquidez

É a dificuldade em vender um ativo da carteira do investidor. Ela é dividida em dois tipos. O primeiro é a liquidez de ativos. Nesse caso, quando há dificuldade em vendê-los, o acionista pode ser obrigado a negociar por um preço menor.

O segundo tipo é a liquidez de financiamento. O risco é quando o banco perde a capacidade de honrar os compromissos financeiros por falta de fundos. Esse risco é maior em mercados os ativos são negociados em valores altos, como o mercado de habitação.

 

Agora que conhece os tipos de riscos, que tal investir? Comente!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
vale a pena usar roupas de marca
quando vale a pena comprar título de capitalização
como abrir uma academia de ginástica