Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Entenda os códigos dos voos das empresas aéreas

A- A+

Companhia aérea escolhida, passagem comprada, horário de voo confirmado e chegada tranquila ao aeroporto. No mundo ideal essa seria a sequência de uma viagem tranquila, mas, por vezes, fatores externos ou mesmo uma desatenção podem fazer o passageiro enfrentar transtornos.

A falha na conferência dos horários dos voos ou até a confusão nos códigos das empresas aéreas costumam fazer “vítimas”, ocasionando a remarcação de passagens e multas ao consumidor.

empresas-aereas

Numeração não segue um padrão fixo em todo o mundo. Foto: iStock, by Getty Images

O que significam os códigos das empresas aéreas

Em entrevista ao site Mentalfloss.com, o ex-piloto e autor do livro Cockpit Confidential, Patrick Smith, explicou o que significam os códigos dos voos das empresas aéreas. Segundo Smith, as duas primeiras letras informam qual é a companhia responsável pelo voo. Nas maiores empresas aéreas brasileiras, por exemplo, a TAM usa o código JJ e a Gol, G3.

Quanto aos números, os voos com destino leste e norte costumam ser identificados com final par, enquanto os voos que vão para o Sul e Oeste são representados por números ímpares. Outra característica apontada é que quanto mais baixo for o número do voo, mais importante é a rota para a companhia aérea.

Um alerta do especialista é que a numeração não segue um padrão fixo em todo o mundo: ela pode variar de país para país e entre as empresas.

Acompanhe o voo por empresa aérea

Após a compra, as empresas aéreas normalmente enviam para o e-mail informado pelo cliente uma mensagem com todos os dados do voo. Caso essa informação tenha se perdido, o passageiro pode encontra-la de outras formas.

A página da Infraero disponibiliza um serviço para consulta a todos os voos que ocorrem no dia no país. No site, basta selecionar o aeroporto de partida, a companhia aérea e, de forma opcional, o número do voo. O programa vai apresentar a lista completa de voos por empresa, com os respectivos horários de partida.

Perdi o voo, e agora?

Não há motivo para desespero. De acordo com o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), a passagem aérea tem validade de 12 meses, contada a partir da data em que foi emitida. Portanto, quem não fizer o check-in não perde a passagem, que pode ser usada em outra data, mediante o pagamento de uma taxa estabelecida pela companhia aérea.

Os valores são diferenciados caso o passageiro não se apresente (no show) ou se ele, com antecedência, desejar a remarcação da passagem aérea. As taxas também são diferentes entre voos nacionais e internacionais.

Pesquise passagens e hotéis

A Vivo tem um site especializado na pesquisa de ofertas para que o usuário compre nos maiores sites de e-commerce filtrando os melhores preços e produtos em diversos departamentos: o Vivo Compras, que possui ofertas para viagens, como passagens e reservas de hotéis.

Para acessá-lo e buscar por passagens, basta entrar no site e buscar pela aba Viagens/Passagens. Para fazer a pesquisa, o usuário escolhe a cidade desejada e as datas para a reserva. O resultado da pesquisa já oferece ao usuário a lista com os melhores preços.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para passagens

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico
geladeira com freezer ou congelador
vale a pena comprar produtos da apple