Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Entenda a diferença de crédito entre as financeiras e os bancos

A- A+

Financeiras e bancos possuem finalidades que são muito semelhantes. Não é à toa que muitos não sabem diferenciar uma da outra na hora buscar opções de crédito. Mas há diferenças na forma como cada uma delas funciona, e as variações podem ser sentidas no bolso, no momento em que você paga as parcelas do empréstimo.

Financeiras x bancos

Conforme explica o educador financeiro Marcelo Claudino, sócio-fundador da TopComsulting, tanto bancos quanto financeiras estão sob o controle do Banco Central (BC). A principal diferença ocorre nas opções de serviços que são oferecidos.

“Bancos são instituições privadas habilitadas para o fornecimento de vários serviços, como administração de contas correntes, pagamentos, linhas de crédito e investimentos para citar os serviços mais importantes. Financeiras são entidades privadas também reguladas e fiscalizadas pelo BC, mas para fornecimento exclusivo de crédito e financiamento de bens“, esclarece Claudino.

Antes de escolher entre um banco ou financeira, faça as contas e avalie as taxas e possibilidades envolvidas. Foto: iStock, Getty Images

Antes de escolher entre um banco ou financeira, faça as contas e avalie as taxas e possibilidades envolvidas. Foto: iStock, Getty Images

Financeiras e as taxas de juros

Mas, além de considerar que tipo de serviço você busca, é fundamental avaliar também as taxas de juros envolvidas no negócio. Em geral, a concessão de crédito por parte do bancos é feita a partir de uma análise mais rigorosa do histórico financeiro do cliente – a não ser em modalidades de crédito pré-aprovado -, lembra Claudino. Isso permite aplicação de valores mais baixos.

O mesmo não costuma acontecer nas financeiras, que apresentam propostas mais flexíveis para emprestar dinheiro. As vantagens costumam chamar a atenção, sobretudo, daqueles que já estão endividados e não conseguem crédito nos bancos. O maior problema são as taxas de juros, que aumentam por conta da falta de garantia.

Antes de fazer a escolha, o ideal é conhecer as propostas de diferentes instituições financeiras e negociar. O importante é basear a decisão no seu orçamento. Ou seja, ter certeza que a dívida contraída pode ser quitada dentro do prazo estipulado, sem que se torne mais um problema na economia da casa.

Nessa hora, a educação financeira é a sua melhor aliada. Ao planejar os gastos e manter tudo anotado, fica mais fácil manter o controle e a dependência de empréstimos diminui. Com menos juros para pagar, sobre mais dinheiro para investir naquilo que realmente importa para você e a sua família.

Tarifas em bônus

Quer economizar dinheiro na hora de realizar transações na instituições financeiras? Uma forma de poupar em tarifas é convertendo essas taxas em bônus para celular. O programa Conta Bônus, da Vivo, converte integralmente o valor da tarifa em bônus no seu Vivo Móvel Pré, Pós ou Controle. Os benefícios, disponibilizados em até 7 dias úteis após o débito da tarifa, ficam disponíveis por 30 dias a partir da data de concessão.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das dicas sobre financeiras? compartilhe!

Empréstimo ou financiamento
É importante entender de finanças bem antes de sair de casa.
como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
não consigo pegar empréstimo
como lidar com a avareza