Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Entenda como funcionam os chips de segurança do seu cartão

A- A+

Sabe aquele quadradinho metálico, dourado ou prateado, que está em seus cartões de crédito e débito? Ele não está ali apenas para conferir glamour ao seu cartão. Os chips de segurança são responsáveis por transmitir uma série de informações para que você realizar uma compra, e isso envolve tecnologia de ponta.

Conforme a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), em 2014 foram realizadas 10,2 milhões de transações com cartão no Brasil. Graças a tecnologia, muitos deles já possuem chips de segurança.

chips-de-seguranca

Os chips servem para conferir e transmitir informações do seu cartão. Foto: iStock, by Getty Images

Chips de segurança evitam clonagem

Embora seja possível sofrer pequenas fraudes relativas aos cartões com chips de segurança, sobretudo quando se trata de compras pela internet, não é possível cloná-los. Esse foi o principal avanço no que se refere à segurança, comparativamente aos antigos cartões magnéticos.

Em questão de segundos, os componentes eletrônicos agrupados dentro dos pequenos quadradinhos metálicos conseguem conferir e transmitir informações do seu cartão e do estabelecimento onde você está prestes a comprar.

O que tem dentro dos chips de segurança?

Ao olhar para os seus cartões, é provável que não tenha a menor do ideia de toda a complexidade necessária para desenvolver os chips de segurança que estão ali. Dentro da sua carteira você tem praticamente um computador e nem sabe.

Para se ter uma ideia, o quadradinho brilhante reúne componentes como tensão (para o funcionamento), sinal de frequência, contato para a entrada e saída de dados, fios que ligam o chip ao cartão, CPU, controlador lógico e memória.

Os chips de segurança podem ter diversos tipos de memória, incluindo a memória RAM – sim, igualzinha a do seu computador. Ao inserir seu cartão na máquina leitora de um estabelecimento qualquer, em questão de segundos o chip identifica o estabelecimento e verifica se está autorizado a aceitar sua compra ou não.

Ele também verifica o tipo de transação, de conexão e o valor. Em seguida, ele analisa os seus dados, verifica se há saldo e, se a compra estiver autorizada, ele conclui a operação, transmitindo informações entre comprador e vendedor, assim que você aperta a tecla verde para confirmar a operação. É por conta de toda essa tecnologia que os cartões com chip tornaram as operações ainda mais seguras.

Cartões de crédito com benefícios

Se você gosta de comprar com praticidade e segurança, é bom conhecer os Cartões de Crédito Vivo. Com os cartões de crédito Vivo Santander e Vivo Itaucard 2.0, você tem diversas vantagens, como alerta SMS, bônus na recarga de celular, pontos no Vivo Valoriza, descontos nos ingressos de cinema e parcelamento em até 12 x sem juros nas Lojas Vivo.

> Cartão de Crédito Vivo: Conheça as vantagens

Gostou das dicas de chips de segurança? Cadastre-se e receba nossa newsletter.

Casal melhora as finanças pessoais
quanto custa um seguro de vida
melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito