Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Entenda como funciona o empréstimo com débito em conta corrente

A- A+

Para facilitar a quitação das parcelas de uma dívida, algumas instituições financeiras oferecem a modalidade de empréstimo com débito em conta corrente. Você sabe como isso funciona?

Essa possibilidade oferece uma certa garantia para o credor, pois o valor correspondente à parcela do empréstimo que você solicitou será automaticamente debitado da sua conta no dia do vencimento. A vantagem para você é que essa opção reduz o risco de atraso no pagamento – e a consequente cobrança de juros sobre a parcela em atraso.

seudinheiro-emprestimo-com-debito-em-conta-corrente

Esse empréstimo só é liberado para trabalhadores assalariados. Foto: iStock, by Getty Images

Assim, o empréstimo com débito em conta corrente torna-se uma alternativa atrativa para ambas as partes do ponto de vista da comodidade: o credor tem maior garantia do pagamento, pois você o autoriza a debitar a parcela da sua conta, e você não precisa se preocupar com o risco de perder a data de pagamento e acabar pagando juros. No entanto, é necessário programar bem suas despesas, para que o valor debitado para quitar o empréstimo não comprometa o pagamento de outros vencimentos mensais.

Como fazer um empréstimo com débito em conta

O empréstimo com débito em conta corrente, em geral, só é liberado para trabalhadores assalariados, aposentados, pensionistas e funcionários públicos, que são pessoas com rendimento fixo mensal creditado em conta corrente. Essa modalidade de empréstimo não costuma ser disponibilizada para profissionais autônomos e proprietários de empresas, bem como para assalariados, aposentados e pensionistas que não recebam o pagamento em conta corrente.

Você vai se interessar por:
Empréstimo fácil nem sempre é um bom negócio. Saiba por quê
Prazo de pagamento é fator importante ao tomar empréstimo

Para liberar o empréstimo com débito em conta corrente, as instituições financeiras pedem documentação que comprove sua renda mensal, bem como extratos bancários que demonstrem que o seu salário é creditado mensalmente em sua conta corrente, além de dados pessoais de identificação, como CPF, para eventuais consultas em cadastros de restrição ao crédito. Após a aprovação, o empréstimo é liberado em até 48 horas.

É importante destacar que o empréstimo com débito em conta é diferente do empréstimo consignado e uma modalidade não exclui a outra. O empréstimo consignado desconta a parcela diretamente da folha de pagamento ou do benefício, no caso de aposentados e pensionistas, enquanto o empréstimo pessoal tem as parcelas descontadas da sua conta.

Empréstimo com débito em conta não pode superar 30% da renda

Uma decisão da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), no ano passado, fixou em 30% do salário do cliente o limite que os bancos podem descontar a título de cobrança por contratos bancários, como é o caso de empréstimo com débito em conta corrente e juros de cartão de crédito, por exemplo.

Para o relator do caso no STJ, embora o débito automático de empréstimo em conta corrente seja legal, a apropriação do salário do cliente pelo banco é ilícita, por isso, foi fixado o limite de 30% da renda a faixa salarial que pode ser debitada pelo banco, mesmo que esse percentual não esteja expressamente descrito no contrato que autoriza o empréstimo com débito em conta. Fique atento às prestações do seu empréstimo e sempre confira se os débitos em sua conta estão sendo feitos de forma adequada.

Gostou das dicas de empréstimo com débito em conta corrente? Cadastre-se e receba nossa newsletter.

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças