Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Entenda como funciona antecipação da restituição do IR

A- A+

Oferta comum entre os bancos, a antecipação do valor a ser restituído do Imposto de Renda é prática cada vez mais frequente entre os brasileiros. Para quem vive o estresse das dívidas acumuladas, esse pode parecer um modo prático para sair do negativo e quitar débitos.

A solução é voltada para os contribuintes que têm direito a receber restituição, mas não querem esperar até que o dinheiro seja liberado, a partir do mês de junho. Assim como com qualquer outra antecipação de crédito, no entanto, é preciso ter cuidado. Lembre que se trata de um empréstimo, o que acarreta no pagamento de juros.

antecipacao

Contribuintes podem pedir antecipação da restituição na hora de prestar contas ao leão. Foto: iStock, by Getty Images

 Funcionamento da antecipação

Qualquer contribuinte pode solicitar o empréstimo, desde que seja cliente do banco em que a operação vai ser feita. Além disso, na hora de preencher a declaração do Imposto de Renda, é necessário informar que o valor deve ser depositado na instituição bancária.

A maioria dos bancos financia o total do valor a ser recebido, embora a porcentagem dependa da análise da cópia de declaração e do crédito específico para cada caso” explica o planejador financeiro familiar Pedro Braggio.

O que considerar antes de contratar a antecipação

Na hora de decidir se a antecipação é realmente viável, Braggio indica o que é necessário levar em conta:

  • Planejamento financeiro: antes de antecipar o dinheiro e se comprometer com um empréstimo, faça um balanço do orçamento doméstico. Só assim é possível saber qual é o montante das dívidas e quanto da renda ainda está disponível para todos os outros gastos familiares
  • Necessidade: a antecipação só deve ser feita para resolver problemas pontuais, em vez de se tornar uma rotina. Utilizar o dinheiro para uma viagem, por exemplo, não é uma boa opção. Nesse caso, o melhor é esperar que o valor seja restituído pela Receita Federal
  • Juros: em geral, os juros cobrados na antecipação são mais baixos do que aqueles praticados em outras linhas de crédito, com números que iniciam a partir de 1,99% ao mês. Assim, o empréstimo pode ser válido para pagar a fatura do cartão de crédito, por exemplo
  • Malha fina: ao cair na malha fina ou ter algum outro problema nas informações declaradas, o contribuinte pode ter um atraso na restituição, o que gera o pagamento de juros inesperados ao banco.

Monitore o seu CPF

Você já conhece o Vivo Alerta CPF? Ele é um recurso oferecido pela Vivo, em parceria com a Serasa Experian, que envolve monitoramento e alertas relacionados a movimentações do seu documento. Com ele, é possível diminuir os riscos de fraude e evitar problemas na liberação de crédito, por exemplo. O  serviço inovador permite que você receba notificações via SMS sempre que:

  • Ocorrer uma alteração no status de seu CPF nas bases de dados da Serasa Experian
  • Uma empresa consultar seu nome nas bases de dados da Serasa Experian
  • Uma empresa estiver prestes a negativar o seu nome nas bases de dados da Serasa Experian.
> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Gostou das dicas de antecipação? Deixe seu comentário.

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças