Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Entenda as vantagens e desvantagens da conta conjunta

A- A+

Compartilhar a vida a dois é motivo de felicidade e também de dividir as responsabilidades na vida doméstica. Para isso, muitos apontam a criação de uma conta conjunta no banco como um facilitador, mas o que racionalmente parece lógico, já que o casal passa a ter menos despesas com a manutenção de contas bancárias, por exemplo, nem sempre funciona na prática.

Tratar sobre dinheiro pode gerar grandes controvérsias e é preciso muita conversa, avaliando os prós e contras antes de tomar a decisão.

“Com respeito às diferenças, diálogo, companheirismo e flexibilidade de ambas as partes, é possível evitar um problema maior, como uma separação por causa de dinheiro. Como em quase todas as esferas do relacionamento, também nas finanças muitas vezes é preciso que cada um ceda um pouco”, avalia o educador financeiro Álvaro Modernel.

seudinheiro-Conta-conjunta

Abertura de conta conjunta pode facilitar o pagamento de contas da casa e compras para a família. Foto: iStock, Getty Images

O dinheiro da conta conjunta deve ser usado, de acordo com o especialista, para questões como fazer os pagamentos da casa, compras para a família, os investimentos para objetivos e os sonhos compartilhados, entre outros, desde de que acertados em comum acordo.

Vantagens da conta conjunta:

1 – Custo menor

Manter uma única conta conjunta tira um peso do bolso do casal, que são os custos de manutenção na rede bancária. Com mais de uma renda, inclusive, pode-se negociar mais vantagens e descontos específicos em tarifas.

2 – Organização financeira

Com as receitas e despesas às claras, reunidas em um só lugar, fica mais claro para o casal organizar-se financeiramente, facilitando o planejamento de médio e longo prazo das finanças.

Desvantagens:

1 – Responsabilidade compartilhada

Com uma conta conjunta a responsabilidade é compartilhada. Em caso de um dos membros do casal enfrentar dificuldades financeiras, o outro também será afetado, o que pode gerar desconforto.

2 – Mais cobrança

Manter um conta conjunta pressupõe o casal conhecer absolutamente todos os gastos e ganhos do parceiro. Junto com a transparência, a cobrança pelos motivos de determinadas despesas pode vir junto.

Minimizando os problemas

Casais com perfis distintos na questão do trato com o dinheiro – um gastador e outro poupador, por exemplo – tornam a administração financeira um pouco mais complicada, mas algumas atitudes podem auxiliar a superar as diferenças no dia a dia. Planejar, definir limites, escolher uma estratégia e estabelecer metas e objetivos são apontados por Modernel como essenciais para uma vida financeira conjunta saudável.

Você vai se interessar por:
Dividir contas do casal é importante para manter as finanças em dia
Como discutir investimentos do casal
Como discutir sobre o regime de bens antes de casar

“Isso evita desgastes pela discussão de cada situação do cotidiano. Com regras claras e combinadas entre os dois, tudo fica mais fácil”, afirma.

Tarifa bancária vira bônus na Vivo

Se você tem uma conta conjunta para economizar nas tarifas bancárias e é cliente Vivo, essa economia pode ser ainda maior. Com o Conta Bônus você pode transformar o valor pago mensalmente pelo pacote de serviços em mais minutos para ligações no seu Vivo Móvel Pré, Pós ou Controle, além de muitos outros benefícios.

Para acionar o serviço, acesse o site ou entre em contato com um dos canais de comunicação do seu banco e aproveite mais essa vantagem da Vivo.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das dicas de conta conjunta? Cadastre-se e receba nossa newsletter.

como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho
como se relacionar com as pessoas no ambiente de trabalho
como aumentar a produtividade