Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Em cidades litorâneas, maresia afeta a longevidade de aparelhos

A- A+

Morar à beira-mar ou em uma região com praia é o sonho de muita gente. Mas quem tem esse privilégio possui um inimigo constante: a maresia. Essa névoa fina, úmida e salgada é um perigo para móveis, carros e eletrodomésticos porque corrói esses itens, acelerando o desgaste.

Em outras palavras, a maresia diminui a longevidade ao promover a formação da ferrugem. Ela ainda favorece o crescimento de mofo graças às altas temperaturas e à umidade presente nas regiões litorâneas.

Como o processo corrosivo é espontâneo, ele é inevitável, mas pode ser contornado se o morador tomar alguns cuidados. Por isso, é necessário adotar medidas para minimizar os danos causados. A prevenção é o melhor remédio contra a maresia.

Casas afetadas pela maresia

Morar próximo ao mar também tem desavantagens e a maresia é uma delas. Foto: Shutterstock

Proteja eletrodomésticos da maresia

Fogões, geladeiras, micro-ondas e máquinas de lavar, nenhum desses eletrodomésticos está imune à oxidação causada pela salinidade da maresia. Apesar de ser uma inimiga invisível, existem algumas maneiras de torná-la menos corrosiva e destruidora.

Uma dica para diminuir o seu impacto negativo sobre os eletrodomésticos, por exemplo, é limpar suas superfícies com água doce e, em seguida, passar um pano com água e sabão de coco neutro. Esse procedimento deve ser realizado de 15 em 15 dias.

Cobrir os eletrodomésticos com capas de tecido de tramas bem fechadas é outra solução. Eles devem estar sempre cobertos quando não utilizados.

Quando o eletrodoméstico já está muito oxidado, mas ainda funciona, um dica é levá-lo a algum profissional que trabalhe com manutenção de pintura desses equipamentos. Lixar a crosta de ferrugem e pintar a geladeira, fogão e máquina de lavar, por exemplo, pode aumentar a vida útil do produto.

Se a ferrugem ainda não tomou conta totalmente do equipamento, um dica é pegar uma lixa fina própria para ferro e passar sobre o pedaço oxidado. Em seguida, aplique um esmalte de unha da cor do eletrodoméstico na parte lixada, impedindo que a ferrugem causada pela maresia se espalhe.

Ligar os aparelhos e equipamentos regularmente é outra dica. A prática oferece uma resistência maior aos eletrodomésticos e evita o acúmulo de umidade no interior deles, o que minimiza os efeitos da maresia.

Maresia também afeta eletrônicos

Os eletrônicos são igualmente prejudicados pela maresia, principalmente os computadores do tipo desktop. A oxidação pode afetar a placa-mãe e o funcionamento dos equipamentos.

Para evitar danos, o ideal é mantê-los longe de locais com muita circulação de ar. Cobri-los com capas de proteção quando desligados é outra forma de conservá-los por mais tempo.

Caso a oxidação já tenha tomado conta dos eletrônicos, eles devem ser levados a um técnico para que seja feita a remoção da ferrugem.

Notebooks, smartphones e tablets também estão suscetíveis aos efeitos da ferrugem, mas costumam sofrer menos do que os equipamentos maiores.

Você vai se interessar por:

Eletrodoméstico com defeito? Economize dinheiro com serviço de reparos

Casa na praia: veja dicas para que o sonho vire realidade

Saiba quanto custa equipar cozinhas com eletrodomésticos

Preserve o seu patrimônio

Outra boa dica é sempre proteger os seus bens. Em parceria com a ACE Seguradora, a Vivo oferece o serviço Seguro Proteção Residencial. Com ele, você tem acesso a coberturas contra incêndio, raio e explosão, roubo e furto qualificado de bens, danos elétricos e responsabilidade civil familiar. Você ainda pode contar com a comodidade e segurança de pagar seu seguro mensalmente através de sua fatura de celular Vivo.

> Seguros para seus bens: Proteção da sua casa até sua bolsa, mochila e carteira

Você tem uma boa dica? Deixe um comentário.

investir em imóvel na planta vale a pena
vale a pena investir na decoração de uma casa para alugar
dividir aluguel com alguém
cooperativa habitacional
por que a poupança rende tão pouco
crédito para financiar casa própria