Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Pesquisadores desenvolvem a recarga wi-fi para o celular

A- A+

A tecnologia avança, os smartphones têm cada vez mais recursos interessantes, mas há um ponto que ainda incomoda os usuários, de forma geral: a duração da bateria. Levar sempre consigo um carregador faz parte da rotina de quem não desgruda dos seus dispositivos móveis. Bom seria realizar a recarga wi-fi, não é mesmo? Agora, isso já é possível.

Ao menos é o que acreditam pesquisadores da Universidade de Washington, nos EUA. Eles desenvolveram uma tecnologia capaz de carregar continuamente aparelhos móveis de todos os tipos, incluindo modelos da Apple, Android e Windows Phone, por exemplo, e ainda continuar funcionando como roteador. Basta que seu smartphone esteja em um raio de até 8,5 metros dele.

O sistema é feito de apenas dois componentes, um roteador e sensores customizados para os aparelhos que convertem a frequência de rádio emitida em eletricidade.

seudinheiro-Recarga-WIFI

Os produtos devem estar disponíveis para compra até o próximo ano. Foto: iStock, Getty Images

Recarga wi-fi em fase de testes

Para colocar a descoberta à prova, os pesquisadores configuraram seis roteadores do modelo Asus RT-AC68U e os colocaram em diferentes lares para serem testados. Segundo os dados coletados, nenhuma das pessoas que experimentou o recurso sentiu qualquer tipo de problema com a conexão enquanto seus dispositivos eram carregados remotamente.

Os aparelhos escolhidos pelos idealizadores são modelos mais antigos da Asus, o que sugere propor que roteadores mais atuais possam ser transformados em uma plataforma de recarga wi-fi depois de um update de firmware (instruções operacionais de um equipamento).

No entanto, os pesquisadores estão tendo algumas dificuldade com o lançamento do produto. A principal delas é o limite de potência dos roteadores, que é regulamentado pela Federal Communications Commission (FCC), orgão americano equivalente à brasileira Anatel. Segunda as determinações do mercado americano, os modens devem ter uma saída de apenas 1 watt de energia.

Você vai se interessar por:

Quando é hora de trocar a senha do Wi-Fi? Veja dicas

Wi-Fi grátis: veja os cuidados necessários ao usar rede pública

Carregador sem fio: tecnologia vai transformar sinal Wi-Fi em energia

Alternativas buscadas para a recarga Wi-Fi

No Consumer Electronic Show (CES) deste ano, maior feira de eletrônicos de consumo do mundo que acontece anualmente em Las Vegas, foi apresentada pela empresa Energeous uma alternativa que permite carregar diversos aparelhos de forma remota. Apesar de inovador, o projeto só funciona como carregador e não possui uma segunda função.

Outra maneira estudada para realizar a recarga wi-fi é através da conversão da eletricidade em som. Essa tecnologia foi proposta pela americana Meredith Perry, estudante da Universidade da Pensilvânia. Inicialmente, ela pensou esse aparelho para uma competição universitária.

O protótipo uBeam converte a energia elétrica em som e envia esse áudio pelo ar, por meio do ultrassom. Assim, um receptor ligado a um eletrônico capta esse som e o converte novamente em eletricidade. Por meio da tecnologia, é possível carregar seus dispositivos móveis constantemente, em casa ou em locais públicos.

Conforme Perry declarou ao jornal The New York Times, as estação de recarga do uBeam serão finas, com menos de 0,5 cm de espessura. Esses transmissores podem ser colocados nas paredes e funcionarem como elementos de decoração da casa. Além disso, os dispositivos móveis podem ser equipados com receptores para completar o funcionamento.

Os produtos devem estar disponíveis para compra até o próximo ano. A ideia inicial é que haja dois modelos: um para lugares pequenos, para casa e escritório, e outro para maiores, como estádios e aeroportos.

 

Gostou da ideia de uma recarga wi-fi para seus dispositivos móveis? Compartilhe!

como economizar na limpeza
roteadores wifi potentes
Como tirar manchas de mofo e bolor da parede
Opção para comprar carregador universal
Um dos novos carregadores portáteis
App para poupar bateria