Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

É amante de bons vinhos? Confira 6 destinos para 2015

A- A+

Você é um amante de bons vinhos e gosta de conciliar suas viagens de turismo com experiências que agradem também ao seu paladar? Nada melhor do que escolher destinos que permitam conciliar essas duas paixões. A maior dificuldade vai ser na hora de definir quais lugares vão fazer parte do roteiro. Afinal, opções não faltam.

Como reconhecer bons vinhos

Para um leigo, não é difícil que um vinho agrade ao paladar. Mas, para os especialistas, diversos critérios devem ser buscados na seleção das melhores bebidas.

Um bom vinho deve apresentar mais do que o equilíbrio entre doçura, acidez, taninos e álcool, aponta a editora do blog Vinho Tinto, Etiene Carvalho. “Para mim, além desse equilíbrio, um bom vinho deve expressar também o seu terroir, ou seja, deve refletir na taça as características do solo, do clima e da altitude do local onde as uvas que o compõem foram produzidas”, explica Carvalho.

Se você deseja aprender mais sobre a bebida, uma boa dica é incluir o enoturismo em seu roteiro. Em algumas vinícolas, por exemplo, é possível fazer mais do que degustar. Além disso, o visitante é levado para conhecer os diferentes qualidades de uvas, os processos de produção e a estrutura interna.

No Brasil, a melhor opção para praticar o enoturismo é a Serra Gaúcha. Além da beleza natural das paisagens, o editor do blog Diário de Baco, Alexandre Frias, destaca as dezenas de vinícolas presentes no Vale dos Vinhedos, principal destino. São exemplos como a Salton, Miolo e Valduga, preparadas para receber o turista e oferecer visitas guiadas pelas caves e degustações.

Para quem é apreciador de vinhos, o enoturismo é opção para viajar e degustar. Foto: iStock, Getty Images

Para quem é apreciador de vinhos, o enoturismo é opção para viajar e degustar. Foto: iStock, Getty Images

Melhores destinos para quem gosta de vinhos

Quer viajar para fora do país e degustar o melhor das vinícolas mundiais? Confira os principais destinos listados pelos dois editores:

Mendoza, na Argentina

Para saborear os grandes vinhos não é preciso ir longe. Mendoza, na Argentina, com certeza é um dos lugares mais interessantes para apreciar a bebida e visitar visitar centenas de vinícolas, muitas delas com estrutura completa para atender aos turistas. Entre as mais conhecidas estão Catena Zapata, Alta Vista, Chandon, Norton e Luigi Bosca. Além de tudo, você ainda se vê cercado por montanhas e belezas naturais que encantam.

Champagne, na França 

Você sabia que o verdadeiro champagne só pode ser produzido na região de Champagne, na França? Pois é. Para quem resolver fazer um tour por Paris, basta pegar um trem e, em 45 minutos, é possível chegar em Reims, uma das principais cidades da região quando o assunto é encontrar as mais famosas opções do mundo. Algumas delas, como Veuve Clicquot, Pommery e Mumm, oferecem, além da degustação, um passeio completo pelas caves centenárias.

Toscana, na Itália

Nem só as paisagens da Toscana encantam os visitantes, mas também os vinhos – sempre acompanhados do melhor da culinária local, com muito tomate. É na região que se produz o famoso Brunello di Montalcino, que está entre os melhores do mundo.

Vale do Douro, em Portugal

Portugal produz vinhos em quase todo seu território, mas o Vale do Douro é o local ideal para quem é apaixonado pelos famosos vinhos do Porto. Além da degustação, o turista também aproveita a viagem para conhecer belas paisagens, tudo isso em meio a um passeio pelo rio Douro.

Napa Valley e Sonoma, nos Estados Unidos

No Napa Valley é possível encontrar enormes vinícolas, a maioria delas equipadas com alta tecnologia. Ir até o local permite saboarear vinhos de alta qualidade por preços baixos, principalmente quando comparamos aos preços das garrafas californianas vendidas no Brasil. Em pouco tempo, você chega ainda a Sonoma, responsável por produzir os melhores Pinot Noirs do mundo, em Russian River Valley.

Gostou das dicas sobre vinhos? Compartilhe!

queda do dólar
trabalho temporario nos EUA para brasileiros em 2016
viagens econômicas pelo Brasil
viagem econômica para a Disney
como economizar na limpeza
preço do dólar turismo