Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Dividir contas do casal é importante para manter as finanças em dia

A- A+

O dinheiro é razão frequente de conflito entre os casais. É o que aponta pesquisa realizada no ano passado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Os dados mostram que 17% dos relacionamentos passam por brigas frequentes por conta de assuntos financeiros. Uma saída para evitar esse problema é dividir contas.

A importância de dividir contas

Ter independência financeira gera satisfação, mas a vida a dois também exige que as contas sejam pensadas de forma conjunta. Afinal, a falta de transparência é um dos motivos para que as brigas comecem a acontecer e tornem o relacionamento mais difícil.

Em outra pesquisa, essa realizada em 2012 e pela psicóloga e professora da Universidade de Michigan (EUA), Terri Orbuch, 49% das pessoas divorciadas afirmaram que brigaram muito com seus parceiros por conta de perfis econômicos diferentes e ainda de mentiras sobre os gastos.

“O casal que divide as contas, assume as responsabilidades do casamento conjuntamente, um compreende o outro do ponto de vista financeiro”, opina o presidente da Luca Contas, Arthur Jardim Nogueira Borges. Mesmo quando o dinheiro não aparece como motivo de uma discussão, ele costuma estar no pano de fundo. Dividir contas ajuda a equilibrar os gastos e favorece a conversa franca sobre o assunto.

dividir contas

Discutir as finanças e planejar os gastos em conjunto é fundamental para dividir contas. Foto: iStock, Getty Images

Como aprender a dividir contas

Dividir contas é uma decisão coletiva e que deve ser discutida em detalhes. Para o economista e professor da Pontífica Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), uma saída é que cada um tenha sua conta individual e ainda outra conjunta.

Desse modo, os recursos necessários para o pagamento das contas fica disponível, mas os gastos pessoais podem ser administrados individualmente. O primeiro passo é estimar o total de gastos que envolvem os dois, como aluguel, condomínio, água, luz e internet.

Somados os valores, fica fácil descobrir qual é a quantia que precisa estar disponível na conta conjunta. Mas é preciso definir ao certo todas as situações em que esses recursos podem ser utilizados. Quando dividir contas não é uma possibilidade, os limites também devem estar claros e é importante haver espaço para discutir as questões financeiras.

Conta corrente sem complicação

Uma boa alternativa para administrar os gastos conjuntos são as contas pré-pagas, como é o caso do Vivo Zuum. Com ele você só gasta o dinheiro disponível na conta, sem necessidade de comprovar renda ou criar ligações com os bancos. Os pagamentos podem ser feitos diretamente do sue celular, de forma simples. Com ele você pode ainda:

– Transferir dinheiro para outra pessoa que também tenha conta Vivo Zuum, de qualquer lugar.

– Recarregar os créditos do seu celular Vivo, de um parente ou amigo.

– Pagar contas de água, luz, gás e boletos bancários.

E solicitando o cartão Vivo Zuum, você também pode:

– Fazer compras em mais de 1,8 milhão de estabelecimentos conveniados MasterCard.

– Sacar dinheiro em caixas eletrônicos da Rede Cirrus.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Gostou das dicas para dividir contas? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria