Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Dívida no banco: confira 5 passos para você sair dessa

A- A+

Você tem uma dívida no banco, não consegue pagar a conta e mais gastos já começam a se acumular? A situação é difícil e exige cuidado, mas é possível contorná-la. Para isso, é preciso considerar algumas mudanças nos seus hábitos de consumo e no modo como você gerencia o dinheiro. Confira abaixo cinco passos que podem ajudar você a sair do momento de dificuldade.

5 passos para quitar a dívida no banco

1. Conheça os seus gastos

O primeiro passo para pagar a sua dívida com o banco é conhecer o rombo em seu orçamento. Saiba quanto entra e quanto sai de sua conta mensalmente e tente reduzir ao máximo os gastos desnecessários. Para isso, nada melhor do que iniciar um planejamento financeiro.

Como explica o Economista da Fundação de Estatística e Economia (FEE) e professor da Pontíficia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), Alfredo Meneghetti, no momento que você começa a planejar o orçamento, é possível construir sonhos. Seja com planilhas ou apenas colocando em um papel todas as suas despesas, o importante é estabelecer metas que incentivem a redução de gastos e o equilíbrio das contas.

divida no banco

Para manter as contas em dia, é preciso planejamento. Foto: iStock, Getty Images

2. Renegocie a dívida

O primeiro passo, segundo Meneghetti, é reconhecer o endividamento. Se você não tem condições de honrar as prestações, é possível renegociar a dívida no banco. Em muitos casos, as instituições financeiras terão interesse em fazer uma proposta para você.

“Não conseguindo conversar, nem prazos maiores, nem redução de taxas de juros para adequação ao seu orçamento, o cidadão deve procurar o Fórum, na esfera pré-consensual. Se não conseguir a conciliação, uma opção é seguir na esfera judicial”, prossegue Meneghetti. O importante é fazer com que as parcelas da dívida possam ser encaixadas na sua renda e evitar os juros altos.

3. Troque uma dívida cara por uma barata

Esse passo vale para débitos que cobram altas taxas de juros, como o cartão de crédito ou cheque especial. Para evitar que sua dívida no banco se torne ainda maior, uma opção é pedir um empréstimo consignado.

De acordo com o empresário e administrador especializado em finanças, Altemir Farinhas, esse é o modelo de crédito com as taxas de juros mais baixas do mercado. O motivo é a garantia maior de que o banco irá receber o valor emprestado, já que o desconto é feito diretamente na folha de pagamento do cliente.

4. Honre a nova dívida

Não adianta de nada trocar sua dívida no banco por outra com juros menores se o seu orçamento não estiver preparado para encarar a nova situação financeira. Com o empréstimo consignado, por exemplo, a renda disponível em sua conta mensalmente será menor, e os seus gastos precisam se adequar. Supérfluos precisam ser revistos – do contrário, ficar no negativo vai acabar fazendo parte da sua rotina.

5. Tenha maior controle com o cartão de crédito

Pagou a dívida no banco? Agora, o próximo passo é evitar que a situação se repita. A essa altura, você já deve ter adotado o hábito de diminuir os gastos desnecessários e economizar nas despesas. Mas não esqueça de usar o cartão de crédito de forma consciente. Farinhas destaca que quem sabe usar o cartão ganha um prazo maior para pagar a conta e, ao receber a fatura, conta com um histórico detalhado dos gastos.

Por outro lado, alguns cuidados precisam ser tomados. O especialista aconselha a sempre manter o pagamento da fatura em dia. Com essa medida, você evita que juros possam comprometer o orçamento.

Conta pré-paga no celular

Quer ter maior controle sobre o dinheiro que você gasta? Então conheça o Vivo Zuum, um serviço que funciona como uma conta corrente pré-paga no celular. Com Zuum você pode transferir dinheiro para outra pessoa que também tenha conta Zuum, de qualquer lugar. Não precisa ter conta em banco e nem comprovar renda.

> Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Você também está pensando em renegociar a dívida no banco? Deixe um comentário!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
quando vale a pena comprar título de capitalização
É importante entender de finanças bem antes de sair de casa.
como abrir uma academia de ginástica