Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Dicas para fazer o balanceamento do seu carro

A- A+

A manutenção preventiva é o segredo de um carro seguro e econômico, capaz de oferecer mais tranquilidade no dia a dia e também nas viagens. Entre os tantos quesitos que devem exigir a sua atenção a cada revisão está o balanceamento.

Fundamental para garantir estabilidade ao automóvel e uma direção mais confortável, ele é feito a partir de um processo de compensação, que tem como objetivo proporcionar equilíbrio nas rodas. Conforme lembra ainda Anderson Coronas de Azambuja, gerente de vendas da Simpala, ele também ajuda a aumentar vida útil dos pneus e economiza combustível.

Quando o balanceamento não está correto, os sinais podem ser percebidos na direção, especialmente quando o veículo está em alta velocidade. O mais comum deles é a trepidação do volante ou mesmo vibrações que podem ser sentidos em todo o carro enquanto ele está em movimento.

Quando fazer o balanceamento

O primeiro balanceamento do carro ocorre aos dez mil quilômetros, na primeira revisão. Normalmente, a próxima deve acontecer quando o número dobrar, mas essa não é a regra e é preciso estar atento aos sinais que o seu veículo oferece.

O ideal é que ele também seja feito sempre que ocorrer a substituição dos pneus ou mesmo que eles precisem de um conserto. O mesmo serve para os momentos em que você detectar vibrações no volante ou quando surgir a necessidade de troca das pastilhas de freio ou de peças da suspensão.

Para não ter surpresas desagradáveis, a dica é buscar uma oficina de confiança, em que algum conhecido já tenha realizado o serviço. Também peça para dar uma pequena volta com o carro depois que o serviço estiver feito e avalie se o procedimento realizado eliminou o problema.

O diretor da Bráulio Veículos e Consultoria, Bráulio Brum Neto, aconselha ainda que o balanceamento ocorra de maneira conjunta com a geometria e o rodízio dos pneus, para garantir mais segurança e durabilidade.

O balanceamento aumenta a vida útil dos pneus e garante mais segurança na direção. Foto: Shutterstock

O balanceamento aumenta a vida útil dos pneus e garante mais segurança na direção. Foto: Shutterstock

Alinhamento e balanceamento são diferentes

Os dois processos têm nomes parecidos e estão ligados às rodas do veículo, mas não são a mesma coisa. Enquanto um veículo desbalanceado oferece sinais como a trepidação e a vibração do volante, no alinhamento o problema é outro.

Ele aparece quando é possível perceber que o seu carro tem a tendência de puxar para a direita ou para esquerda nos momentos em que ele não é segurado. Ou seja, sempre que você notar um movimento como esse ou mesmo após um impacto mais forte contra pedras ou buracos, pode ser a hora de alinhar o veículo.

Assistência em emergências

Além de manter a manutenção do seu veículo em dia, é importante garantir mais segurança e praticidade para os momentos em que surgem os imprevistos. Com o Vivo Assistência Casa e Auto, você conta com serviços de eletricista e encanador para sua casa, socorro mecânico para seu automóvel e chaveiro para os dois, sempre que precisar, por apenas R$ 5,90 por mês.

> Vivo Assistência Casa e Auto: Garanta socorro mecânico em emergências

 

Gostou das dicas sobre balanceamento? Compartilhe!

como calcular a reforma de um apartamento
quanto custa um seguro de casa
como escolher uma seguradora de veiculos
preço de imoveis começa a cair
economizar no seguro da casa
economizar no seguro do carro