Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Franquias de chocolates finos: dicas para quem quer investir

A- A+

Chocolate é bom em qualquer época, mas duas são as preferidas: a Páscoa e o inverno. O friozinho é propício para o consumo e também para quem sonha em abrir franquias de chocolates finos. Aproveitar a estação para investir no setor, que está em crescimento no país, pode ser um caminho para conseguir um retorno interessante logo no início.

Franquias de chocolates finos

Chocolates finos são irresistíveis até na crise. Foto: iStock, Getty Images

O mercado dos chocolates premium

Segundo a Abicab, Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados, o mercado de chocolates premium está em crescimento no Brasil. Apesar de representar ainda uma parcela baixa, apenas 7% da produção nacional, ele cresceu cerca de 700% desde 2011, quando representava apenas 1% desse universo.

Investir em franquias de chocolates finos, nesse momento de crescimento, pode ser uma escolha acerta. Não apenas porque o mercado está favorável para a guloseima, mas também porque o faturamento do mercado de franquias está crescendo. Segundo a Associação Brasileira de Franchising, foram 8,3% de aumento entre 2014 e 2015, quando feito o último levantamento.

Você vai se interessar por:

3 opções de franquias de chocolates finos

  • Cacau Show

Entre as franquias de chocolates finos no Brasil, a Cacau Show é a que mais se destaca, com mais 1,9 mil lojas no país, segundo a ABF. Para abrir uma loja da marca, o investimento inicial varia entre R$110 mil e R$140 mil, em uma unidade que deve ter entre 15 e 30m² de área, de 2 a 5 funcionários, que rende um faturamento médio mensal de R$70 mil e gera retorno entre o 18º e o 24º mês.

  • Kopenhagen

Famosa entre as franquias de chocolates finos, a Kopenhagem é uma marca que exige investimento inicial entre R$300 mil e R$350 mil para a abertura de uma loja, com taxa de franquia de R$45 mil. O capital de giro é de R$80 mil, para uma unidade que deve ter 30m² de área. O faturamento bruto mensal gira em torno de R$60 mil e começa a dar retorno entre 24 e 36 meses após a abertura.

  • Brasil Cacau

A Brasil Cacau também se destaca no mercado nacional de franquias de chocolates finos. Investir na abertura de uma loja da marca custa cerca R$90 mil, com uma taxa de franquia de R$10 mil. O negócio rende um faturamento médio mensal de R$25 mil e exige capital de giro entre R$20 e R$30 mil. O prazo para retorno é entre 18 e 24 meses.

Economize sempre

Se você gosta de economizar sempre, pode realizar transações bancárias sem pagar taxas por isso, com toda comodidade. Com o Vivo Zuum, uma conta pré-paga gerenciada pelo celular, você pode fazer pagamentos, transferências e até mesmo recarga de celular. Tudo isso sem mensalidades. Se preferir, você pode adquirir o cartão Vivo Zuum para fazer compras no débito e saques.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Gostou das dicas de franquias de chocolates finos? Deixe um comentário.

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
Unrecognizable buying organic rice in store, blank label
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria