Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Sabe como se aposentar com conforto? Veja dicas

A- A+

A falta de preparo para a aposentadoria é uma realidade no Brasil. Segundo uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), 57% dos consumidores da terceira idade não têm qualquer reserva de dinheiro. Para saber como se aposentar com conforto é preciso economizar desde cedo e variar investimentos.

Segundo a pesquisa, 47% dos consumidores com mais de 60 anos afirmaram que a preocupação com os familiares e amigos é um dos principais motivos para não conseguirem fazer um pé de meia. Siga estas dicas e busque uma aposentadoria tranquila.

Como se aposentar com conforto? Economize desde cedo

De acordo com especialistas, a forma mais confortável para se aposentar com tranquilidade é economizando desde cedo. Cedo mesmo: desde a infância seria o ideial. “Como na maioria das famílias isso ainda não é um hábito, precisa-se começar o quanto antes e aproveitar os juros a nosso favor. O padrão é guardar 10%, mas se a pessoa tem folga no orçamento, como, por exemplo as que moram com os pais, ou se está perto de se aposentar, é importante guardar mais que isso” afirma a educadora financeira Lorena Milaneze.

seudinheiro-como-se-aposentar

A previdência privada é uma boa opção para independência financeira. Foto: iStock, Getty Images

Além disso, quanto mais suas economias crescerem, mais forte será o montante total poupado.

 

Previdência pública x previdência privada

Conforme a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), quem opta pela previdência pública no Brasil corre dois riscos. O primeiro é passar a velhice sem conforto, já que o teto de recebimento atual é de R$ 4.390 mensais. O segundo é a incerteza de como será a vida financeira no futuro, pois o quadro deficitário que o INSS apresenta poderá levar a mudanças nas regras de remuneração.

Diante disso, a previdência privada aparece como uma saída viável para resolver o problema, uma vez que não prevê valor de limite máximo para o benefício. Além disso, ela é mais rentável quando comparada ao investimento feito no INSS.

“A previdência privada é uma boa opção para quem planeja sua independência financeira. Sempre é bom lembrar que, quando falamos de investimento de longo prazo, ele precisa sempre ser avaliado e é bom diversificar e procurar as melhores opções”, diz Lorena.

Já o educador financeiro Everton Lopes, do site Sempre com Dinheiro, aprova com restrições. Segundo ele, a alternativa é válida para quem ainda é jovem, caso contrário o investimento seria muito grande, algo em torno de 20 a 25% do valor do salário.

A Proteste adverte que, por mais atraente que um plano de previdência privada seja, ele deve ser encarado como uma complementação da renda no futuro. Isso porque o INSS oferece algumas garantias assistenciais que não são garantidas na previdência complementar. Ainda assim, o mercado cresce a cada ano.

Além disso, a diversificação dos investimentos é uma boa saída. “O tesouro direto é uma ótima opção, além da previdência privada já mencionada. O tesouro direto tem uma dinâmica bem fácil, qualquer um pode investir e o investimento inicial é somente R$ 30”, explica Lorena.

Para Lopes, a dica é diversificar os investimentos, mas antes saber qual é o seu perfil de investidor, se conservador, moderado ou arrojado. Após saber por quanto tempo disponibilizaria este recurso. Além do tesouro direto, ele cita as ações – aproveitar as oportunidades – como uma alternativa.

Gostou das dicas de como se aposentar? Deixe seu comentário.

Planejando a aposentadoria de pessoa com deficiência
melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet