Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Dia Mundial Sem Carro gera alerta ambiental e financeiro sobre o transporte

A- A+

O 22 de setembro marca a comemoração do Dia Mundial Sem Carro. Nessa data, diversos países realizam atividades em defesa do meio ambiente e da qualidade de vida, tendo como principal objetivo estimular uma reflexão sobre o uso excessivo do automóvel.

A ideia é que as pessoas experimentem, pelo menos nesse dia, meios alternativos de mobilidade, descobrindo como é possível se locomover pela cidade sem usar o carro e que há vida além das quatro rodas.

Dia mundial sem carro em São Paulo

Em São Paulo, evento costuma reunir adeptos na famosa Avenida Paulista. Foto: Marcelo Camargo, ABr

Como começou o Dia Mundial Sem Carro

O Car-Free Day começou oficialmente na França, em 22 de setembro de 1997. No início dos anos 2000, se espalhou por várias outras cidades europeias. O sucesso do evento foi tanto que a comissão organizadora do Dia Europeu Sem Carro decidiu lançar também a Semana Europeia da Mobilidade.

A iniciativa, que geralmente vai de 16 a 22 setembro, será estendida por alguns dias na edição de 2015. Em 27 de setembro, Paris vai fechar as principais avenidas para os veículos. Apenas ambulâncias, viaturas policiais e bicicletas poderão circular. Shows, exposições e atividades ao ar livre integram a programação.

No Brasil, o Dia Mundial Sem Carro começou a ser comemorado em 2001, em algumas capitais, como Porto Alegre, Belém, Belo Horizonte, Cuiabá e São Luís. Na ocasião, os participantes organizaram “bicicletadas” para celebrar a data e conscientizar a população. A Semana da Mobilidade, seguindo o modelo europeu, foi estabelecida em 2010.

4 medidas para o Dia Mundial Sem Carro

O Dia Mundial Sem Carro é uma oportunidade de rever hábitos e pensar em soluções que visem o bem-estar do planeta e também do seu bolso.

Por isso, nada melhor que aproveitar a data para economizar com transporte e ainda ajudar o meio ambiente. Confira quatro medidas citadas na cartilha Uso Consciente do Transporte do Instituto Akatu, ONG que incentiva o consumo sustentável.

Mais gente no carro

A maioria dos carros que roda nas capitais brasileiras leva apenas um passageiro e ocupa muito espaço nas ruas. Organize um esquema de carona solidária. Use os sites e softwares já existentes que ajudam a implantar esta alternativa de transporte.

Mais transporte coletivo

Perde-se muito tempo se deslocando de um lugar para outro e nem sempre se percebe que existem alternativas de transporte para o nosso dia a dia.

Deixe o seu carro perto de alguma estação e siga com o metrô ou outro transporte coletivo. Assim, você reduzir o tempo desperdiçado no trânsito, ajuda o meio ambiente e ainda economiza na gasolina.

Dia mundial sem carro no Rio de Janeiro

Maior uso da bicicleta é um dos pilares do evento em todo o mundo. Foto: Fernando Frazão, ABr

Maior uso da bicicleta

Se você tem receio de andar de bicicleta na cidade, poderia pensar em trocar o seu carro por ela pelo menos aos fins de semana. Aos sábados, domingos e feriados, as ruas estão mais tranquilas e é possível fazer pequenos trajetos e passeios pedalando. De quebra, ainda faz exercícios de forma divertida e prazerosa.

Mais tecnologias limpas

A má qualidade do ar nas principais capitais do país provoca a morte prematura de 11,6 mil pessoas por ano, de acordo com o Instituto Akatu.

Pressione as empresas fabricantes de automóveis e combustíveis e o governo para usarem tecnologias mais limpas já disponíveis, capazes de reduzir a poluição e melhorar a saúde de todos.

Você vai se interessar por:

Transporte público é opção em muitos destinos turísticos

Aprenda como economizar nos transportes

8 dicas para o dia a dia de bem com o seu bolso

App dá dicas de transporte

Desde o início do ano, está disponível para Android – e em breve para iOS – o aplicativo Nosso Transporte.

Trata-se de projeto da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e o Instituto Akatu com o objetivo de auxiliar a população a fazer escolhas mais conscientes ao se locomoverem pela cidade, visando equilíbrio ecológico, social e financeiro. A ferramenta oferece dicas de transporte, economia, saúde e meio ambiente.

Uma função oferecida pelo app é a Calculadora Transporte Consciente. O usuário insere o preço do combustível em sua região, o valor do transporte público e o endereço de destino.

A ferramenta compara gastos financeiros, emissão de carbono e calorias gastas pelo usuário caso ele escolha percorrer um determinado percurso de carro, transporte público, de bicicleta ou a pé.

 

Vai aderir ao Dia Mundial Sem Carro? Deixe seu comentário.

como calcular a reforma de um apartamento
quanto custa um seguro de casa
como escolher uma seguradora de veiculos
preço de imoveis começa a cair
como abrir uma empresa de reciclagem
economizar no seguro da casa