Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Dia dos Solteiros: repense suas finanças para morar sozinho

A- A+

Em 15 de agosto, o Brasil comemora o Dia dos Solteiros. A data presta homenagem a uma parcela da população que cresce a cada ano. Segundo a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 49,2% da população acima de 15 anos tem esse estado civil.

Decidir-se por morar sozinho tem vantagens e desvantagens. Sobretudo, é preciso ter cuidados especiais com a vida financeira. Afinal, se não houver controle dos gastos, pode acabar experimentando uma nova e desagradável condição: a de devedor.

sair para comemorar o dia dos solteiros é possível se mantendo organizado financeiramente

Organização financeira permite aproveitar festas e curtição com os amigos. Foto: iStock, Getty Images

Dia dos Solteiros: data para pensar no bolso

Os dados da Síntese de Indicadores Sociais do IBGE mostram que o número de brasileiros que moram sozinhos cresceu 35% em 9 anos. Eram 13,5% em 2013 – último ano de coleta das informações. Isso atesta que, cada vez mais, o Dia dos Solteiros abrange um número maior de pessoas no Brasil. É uma boa oportunidade para pensar na saúde do bolso.

Ser solteiro, arcar com as próprias despesas e comandar todas as escolhas – desde as cotidianas até as mais complexas – exige que você tenha controle sobre suas finanças. “Quem decide morar sozinho terá que gerir despesas com as quais, até então, não estava acostumado”, lembra o educador financeiro Paulo Henrique Pereira.

Segundo ele, sair da casa dos pais, normalmente, é uma decisão tomada por pessoas com espírito de independência e que consideram esse passo como o início de uma trajetória de crescimento pessoal e profissional.

O especialista acredita que os solteiros têm mais facilidade de controlar as próprias despesas. É que, comandando as próprias escolhas, você é capaz de perceber qual é o estilo de vida que consegue bancar. “Normalmente, quem mora sozinho, rapidamente define um padrão de vida, enquadrado em suas possibilidades financeiras. Evitando compras em excesso, evita desperdícios”, indica Pereira.

Ainda assim, é preciso ter cuidado para manter o equilíbrio. “Todo equilíbrio é resultado de uma boa gestão entre necessidades, desejos e as possibilidades. O sucesso na gestão financeira é consequência de um planejamento consistente e realista. O maior risco de não ter alguém para compartilhar o planejamento doméstico é, exatamente, perder o equilíbrio”, relata o educador financeiro.

Ele ressalta ainda a importância de criar um pé-de-meia, uma espécie de poupança para o futuro. “Criar reservas financeiras deve ser entendido não como uma opção, mas como uma atitude de responsabilidade pessoal. Ter um futuro tranquilo financeiramente é o objetivo de 10 entre 10 pessoas questionadas sobre o assunto”, conclui.

Você vai se interessar por:

Veja dicas de organização financeira para poupar e realizar um sonho

Recolocação profissional exige organização financeira; veja dicas

Banco Central: veja 3 ferramentas para ajudar na organização financeira

Conte com uma ajuda tecnológica

Não veja o Dia dos Solteiros como apenas mais uma data comemorativa. Essa é uma oportunidade de lembrar de responsabilidades que você tem no dia a dia e que, nem sempre, consegue cumprir. Cuidar da casa, fazer as compras no supermercado, tentar economizar em água e energia elétrica são algumas das tarefas de quem mora só.

Mas não é preciso esperar o dia 15 de agosto para isso. A tecnologia está aí para lhe auxiliar. Confira alguns aplicativos que oferecem soluções para um melhor controle financeiro.

Boa Lista

Indicado para as compras do mês. No Boa Lista, você monta a lista do que precisa comprar, pesquisa ofertas e ainda consegue controlar melhor os seus gastos. Há ainda a vantagem de que o aplicativo indica os estabelecimentos da região que vendem os produtos mais baratos.

Disponível em iOS e Android.

Wally+

Esse é o aplicativo que dá para você, na tela do celular, aquela planilha que você nunca conseguiria montar no Excel. Ele te indica quanto você está gastando, no que está investindo seu dinheiro, como, por quê e com quem. É um detetive das finanças.

Disponível em iOSAndroid.

Pegada Hydros

Além da economia, esse app também lhe ajuda com a responsabilidade social. Ao informar dados sobre seus hábitos diários, o aplicativo calcula quanto de água você gasta e indica como é possível reduzir. Em tempos de crise hídrica, o consumo elevado de água é um risco para o planeta. Sem falar que fica ainda mais pesado para o seu bolso em razão do aumento nas tarifas.

Disponível em iOS e Android.

 

Gostou de conhecer os apps para um Dia dos Solteiros mais feliz para o seu bolso? Compartilhe!

sair da casa dos pais
dividir aluguel com alguém
melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito