Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Devo, não nego, pago quando puder: fuja desse ditado perigoso

A- A+

Devo, não nego, pago quando puder” é um famoso provérbio popular que descreve muito bem como alguns brasileiros se encontram atualmente. Com o agravamento da crise econômica, cada vez mais consumidores têm enfrentado dificuldades para colocar ou manter a sua vida financeira no lugar.

Um estudo recente realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) revelou que quatro em cada dez (45%) brasileiros inadimplentes não têm condições financeiras de pagar suas dívidas atrasadas em um intervalo de até três meses.

O levantamento mostra também que, para a maioria dos consumidores (52%), contrair uma dívida muito superior aos seus ganhos mensais é o principal entrave para colocar os débitos em dia.

Mas há também os que relutam em incorporar hábitos de economia no dia a dia, como deixar de consumir produtos que gostam – o que foi relatado por 23% dos entrevistados.

Devo não nego pago quando puder

Quem contrai dívidas que não consegue pagar precisa rever hábitos financeiros. Foto: iStock, Getty Images

Fuja do “Devo, não nego, pago quando puder”

Para o educador financeiro Rodrigo Marroni, é muito perigoso conviver com esse ditado: primeiro porque faz com que se aceite a condição de endividado e, segundo, porque tira o compromisso do pagamento.

A sugestão do especialista é identificar se esse pensamento é adotado e substituí-lo por “Vivo com menos do que posso, por que minha felicidade não está no material”.

Essa mudança de mentalidade ajuda, mas não é suficiente. Se você está com dívidas acumuladas e não sabe como resolver, pode começar aprendendo o valor do dinheiro. Ele serve para trazer prazer e conforto. Ou seja, se está com débitos, isso significa que usou muito desse conforto.

Defina prioridades

Se a premissa anterior for verdadeira, pode ser uma boa hora para abrir um pouco de mão desse conforto para sentir-se livre novamente. Corte do seu orçamento tudo aquilo que é fútil, ou seja, itens que você compra ou que utiliza mensalmente, mas que não tem um valor sentimental para você.

“Diminuia as saídas aos finais de semana. Veja se consegue economizar com o carro. Fique um mês sem fazer compras de roupas e eletrônicos”, aconselha Marroni.

Confira outras sugestões do especialista e comprove como pequenos ajustes podem fazer toda diferença para resolver seus problemas financeiros:

Troque de academia ou de atividade física

Diminua R$ 20 nos seus gastos destinados à atividade física. Em um ano, você terá alcançado uma economia de 240,00.

Só compre quando for necessário

Não caia em tentação de comprar tudo que acha barato e está na vitrine. Lembre-se que, em algumas situações, promoções escondem uma verdadeira cilada.

Planeje suas compras mensais de alimentação

Visitando um mercado grande, onde você ganha desconto por volume, irá economizar e ainda não vai comprar nada fora do seu orçamento. Ao considerar uma economia de R$ 50, em um ano, isso representará R$ 600.

Procure passatempos alternativos

Que tal trocar aquele programa no shopping no final de semana por um filme em casa com os amigos? Faça isso até ficar com o nome limpo. Ao quitar as dividas, volte a esse conforto como recompensa por seu esforço.

Assim, ao mudar hábitos, você poderá deixa um pouco de lado o “Devo, não nego, pago quando puder” e começar adotar o “Quem suas dívidas paga, sua fortuna aumenta”.

Você vai se interessar por:

Veja em 5 dicas como fugir do efeito dominó das dívidas

Conheça os tipos de dívidas mais comuns e cuide das suas finanças

Entenda por que pagar juros aumenta tanto a sua dívida

CPF protegido, nome limpo

Se você está entre os consumidores inadimplentes, precisa conhecer o Vivo Alerta CPF. Entre as suas funções, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Você concorda com a expressão “Devo, não nego, pago quando puder”? Comente!

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças