Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Descubra quando é possível substituir o CPF pelo RG

A- A+

A certidão de nascimento é o primeiro documento que uma pessoa costuma ter, mas está longe de ser o único necessário ao longo dos anos. Entre eles, estão o Cadastro de Pessoa Física e o Registro Geral. Mas você sabe quando é possível substituir o uso do CPF pelo RG? A explicação está na emissão de cada um deles.

Quando trocar CPF pelo RG

O RG é um documento obrigatório e é emitido e controlado pela Secretaria de Segurança Pública de cada estado. Atualmente, ele também inclui os número do CPF e do PIS/PASEP.

Já o Cadastro de Pessoa Física não é obrigatório, mas é difícil conseguir ficar sem um. Afinal, ele é o registro do cidadão junto à Receita Federal.

É possível substituir o uso do CPF pelo RG.

Documentos são costumeiramente exigidos para a realização de cadastros. Foto: iStock, Getty Images

Na maioria das vezes, não é possível substituir o CPF pelo RG, pois os dois costumam ser requisitados, especialmente na abertura de conta em banco, para realizar um empréstimo e fazer cadastros, de maneira geral. Ou seja, é importante contar com os dois.

No dia a dia, é o RG que costuma ser mais requisitado, especialmente por conter foto. É ele que precisa ser apresentado na hora de entrar em uma festa ou mesmo para fazer a compra de bebidas alcoólicas, por exemplo, pois é capaz de garantir a sua identidade.

Descobrir CPF pelo RG não é possível

Com o uso abrangente que esses dois documentos oferecem, também é preciso ter cuidado na hora de disponibilizá-los. Quando em mãos erradas, os números podem ser fraudados e gerar problemas. De acordo com pesquisa da Serasa Experian, só em maio de 2015, foram 161.102 tentativas de roubo de identidade.

O objetivo do golpe é utilizar os dados pessoais de outras pessoas para firmar negócios ou mesmo realizar compras sem a intenção de pagá-las.

A instituição alerta que é comum que a fraude ocorra a partir do cadastramento de informações pessoais em sites não idôneos, que normalmente atraem o consumidor a partir de promoções falsas.

Há ainda serviços que prometem descobrir o CPF pelo RG. Mas é preciso estar atento, pois essa não é uma possibilidade e costuma levar ao pagamento de taxas ou mesmo ao fornecimento de dados que também podem ser utilizados para práticas criminosas.

Você vai se interessar por:

Saiba verificar se há pendências na situação cadastral do CPF

Confira o passo a passo para fazer CPF pela internet

Entenda as diferenças entre RG e CPF

Seu documento protegido

Se você quer mais proteção aos seus documentos, precisa conhecer o Vivo Alerta CPF. Entre as suas funções, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Está diante de alguma situação para substituir o CPF pelo RG? Comente!

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças