Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Descubra quais são os principais gastos para reformar sua casa

A- A+

Chega uma hora que não há mais como adiar e a reforma é necessária. Mas, para que os gastos não se tornem um problema que vai comprometer o seu orçamento, é fundamental ter tudo planejado e, principalmente, estar disposto a pesquisar.

Minimize as surpresas na reforma

Você separa o dinheiro para a reforma, compra os materiais, contrata a mão de obra e, na metade do processo, percebe que já gastou muito mais do que havia planejado. É comum que realizar uma obra resulte em surpresas, pois nem sempre a tinta é suficiente, às vezes o tempo não colabora, isso para não falar do cano que estoura.

Mas, com o planejamento adequado, é possível minimizar os custos. Para a arquiteta Deise Soares, a reforma é um dos tipos de obra que mais exige atenção, além de um bom projeto, pois tudo será feito a partir de algo que já existe – e nem sempre é o ideal. A dica é investir em orçamentos e cronogramas que permitam que você acompanhe passo a passo do que será feito e sem terminar com a sensação de que usou mais dinheiro do que devia.

“Os custos dependem muito das necessidades e do porte de cada obra, mas alguns itens são sempre os mesmos, como mão de obra, revestimentos, iluminação e mobiliário, que geralmente são os mais envolvidos. Por isso, fica fácil prever custos”, explica a arquiteta.

Os imprevistos também surgem por conta do desperdício e da falta de preparo, tanto dos profissionais quanto do seu estoque, que pode não ter sido calculado de forma precisa. As consequências podem ser um ambiente sem pintura, uma parede pela metade, uma sala com mobília em excesso ou mesmo a sua frustração.

Reformar

Antes de iniciar uma reforma, faça um planejamento detalhado para não extrapolar o orçamento. Foto: iStock, Getty Images

Reforma com economia

Quando for reformar, a pesquisa de preços é fundamental. O azulejo que você tanto deseja pode ser bonito, mas também mais caro do que o ideal. Por isso, não hesite em fazer orçamentos dos materiais em diferentes lojas. Desse modo, fica mais fácil dimensionar as vantagens de preço. Verifique se, com a possibilidade de comprar tudo em um só lugar, as lojas estão dispostas a conceder descontos.

Além de pesquisar, a arquiteta Deise Soares deixa algumas dicas que podem ajudar a diminuir custos e deixar os resultados da obra mais próximos do que você imaginou desde o início:

– Escolha os mesmos acabamentos e revestimentos para a maioria dos ambientes, isso diminui os custos envolvidos

– Aguarde as melhores condições da lojas para as compras maiores em mobiliário. Se você escolher um período de ofertas, os descontos podem compensar

– Invista em algumas peças de destaque, tanto em móveis como na iluminação e decoração, e opte por opções mais baratas para o restante da casa.

Você também pretende fazer uma reforma? Comente!

É importante entender de finanças bem antes de sair de casa.
vale a pena ter seguro
como lidar com a avareza
como abrir uma empresa de coleta de entulho
como abrir uma empreiteira
lareira em apartamento