Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Descubra quais são as cidades mais baratas da Itália

A- A+

Se você quer viajar para a Europa para apreciar a boa gastronomia sem gastar tanto dinheiro, há um maravilhoso país lhe esperando – só falta escolher qual das cidades mais baratas da Itália deseja conhecer. Afinal, a comida é sempre prioridade em solo italiano. Isso, claro, sem deixar de lado o encantamento da paisagem e dos costumes.

Uma das cidades mais baratas da Itália

País concentra belas paisagens, riqueza cultural e valores acessíveis ao turismo. Fotos: iStock, Getty Images

Conheça as cidades mais baratas da Itália

Nápoles, Roma ou Milão: qual das cidades mais baratas da Itália agrada você? Conheça atrativos e custos desses passeios e monte a sua programação.

Nápoles

Há muito a ser explorado em solo napolitano. O Museu Cappella Sansevero, por exemplo, tem ingresso a 7 euros (menos de R$ 30). Já o Museu Arqueológico Nacional pode ser visitado por 8 euros (em torno de R$ 32).

A visita ao Teatro de San Carlos é mais cara, custa 50 euros (aproximadamente R$ 200), mas vale a pena pela beleza do local. Há também lugares tradicionais que você pode conhecer sem custo, como a famosa Spaccanapoli, uma rua estreita repleta de lojas e bares.

Você ainda pode visitar outras cidades partindo de Nápoles. Uma excursão privada de um dia em Sorrento, Positano, Amalfi e Ravello sai também por 50 euros. Se preferir fazer uma excursão terrestre por Nápoles, uma viagem que dura metade do dia custa 60 euros (por volta de R$ 240). Há também um ônibus panorâmico que circula pela cidade por 23 euros (cerca de R$ 90).

No que se refere à hospedagem, você pode encontrar uma diária de hotel pelo equivalente a R$ 99 (menos de R$ 400) ou um albergue a partir de R$ 51 (pouco mais de R$ 200).

A alimentação também é econômica. É possível encontrar preços em torno de 4,5 euros (menos de R$ 20) para café da manhã, 10 euros para almoço e 11 euros para o jantar – aproximadamente R$ 40 para cada refeição.

Uma das cidades mais baratas da Itália

Roma

Embora o aspecto religioso seja predominante em Roma, a cidade é capaz de agradar a todos os perfis de público. Por reunir diversos atrativos presentes nos livros de história como a Fontana di Trevi e o Coliseu – uma das sete maravilhas do mundo moderno – é um excelente local para fazer turismo. Um ingresso para o Coliseu custa 7 euros (menos de R$ 30).

A cúpula da Basílica de São Pedro pode ser visitada por 8 euros (em torno de R$ 32). Se quiser um passeio ainda mais recheado de cultura, o Museu do Vaticano – que inclui obras como a Capela Sistina – pode ser acessado por 16 euros (ou R$ 64). Também é possível participar da audiência do Papa, com ingresso de 40,8 euros (pouco mais de R$ 160).

A alimentação em Roma, assim como em outras cidades turísticas da Europa, pode ter um preço acessível. O café da manhã mais em conta sai em torno de 5 euros (ou R$ 20), um almoço de baixo custo pode ser encontrado a 7 euros (menos de R$ 30) e o jantar a 10,8 euros (menos de R$ 50).

Uma das cidades mais baratas da Itália

Milão

A cidade é mais conhecida por sua proximidade com a moda, mas também respira cultura e história – assim como a Europa, de um modo geral.

Mas partindo do aspecto fashion, o turista não pode deixar de visitar o chamado Quadrilátero da Moda – um espaço demarcado pelas vias Monteleone, Alessandro Mazoni, Della Spiga e Corso Venezia. É uma área pequena, mas com uma alta concentração de grifes por metro quadrado – ideal para quem gosta de ostentação.

Há também inúmeros passeios culturais a fazer na cidade. A Catedral Duomo é um ícone – mas vá com tempo, pois as filas são enormes – e seu ingresso custa 13 euros (cerca de R$ 50), aproximadamente. Uma visita ao Castelo Sforzesco também é interessante. O ingresso é 5 euros (R$ 20) e sempre há exposições.

A comida em Milão pode ser acessível, como um café da manhã por 7 euros (menos de R$ 30), almoço por 12 euros (abaixo de R$ 50) e jantar por 16 euros (pouco mais de R$ 60). Por se tratar de uma terra onde a gastronomia é apreciada, vale a pena investir um pouco mais para conhecer pratos diferentes.

Uma das cidades mais baratas da Itália

Você vai se interessar por:

Encontre sua passagem no Vivo Compras

Já decidiu qual das cidades mais baratas da Itália mais agrada? Então, é hora de pesquisar preços e programar suas férias. E para isso o Vivo Compras pode ser um excelente aliado: o portal ajuda a encontrar as passagens aéreas mais baratas, os pacotes turísticos de melhor custo-benefício e as opções de hospedagem que cabem no seu bolso.

Seu cartão para os gastos na viagem

Se você quer um cartão para pagar por seus gastos durante a viagem é só escolher aquele que mais se adapta às suas necessidades e exigências. Com os Cartões de Crédito Vivo, você pode parcelar em até 12 vezes sem juros nas lojas Vivo e somar pontos no programa de recompensas Vivo Valoriza.

Oferecidos em parceria com o Itaú e o Santander, eles também dão bônus e pontos para você falar mais em ligações para telefone fixo ou de longa distância, enviar SMS e acessar a internet, além de descontos em cinema e muitas outras vantagens.

> Cartões de Crédito Vivo: Conheça as vantagens

Qual das cidades mais baratas da Itália é sua preferida? Comente e compartilhe!

melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet
como entender a fatura do cartão de crédito