Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Descubra o que é o minicontrato de dólar e como negociar

A- A+

Já ouviu falar em minicontrato de dólar? Essa é uma modalidade de investimento regulada pela Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), que estabelece um acordo de compra ou venda da moeda norte-americana em um prazo futuro, a partir de um valor previamente estabelecido.

Diariamente, o valor da moeda sofre ajustes, de acordo com as expectativas de mercado. Ou seja, as variações do seu investimento são compensadas a cada dia, sejam elas positivas ou negativas.

Compra e venda do minicontrato de dólar

O minicontrato de dólar funciona como um meio de permitir que investidores individuais e empresas de pequeno porte também tenham acesso a ferramentas que permitem a proteção do capital, em caso de variações adversas, ou ainda a especulação, para aumentar o patrimônio.

Isso ocorre a partir do mecanismo de hedge, que pode ser de compra ou venda, e que tem justamente o objetivo de proteção, explica o agente autônomo de investimentos, Paulo Marcos Barbosa e Silva. De um lado estão os hedgers vendedores, que possuem dólares e desejam estar preparados para uma possível baixa no preço futuro.

Do outro, estão os hedgers compradores, que têm como objetivo prever a alta de preços e se adiantar através da compra de dólares com vencimento futuro.

Ao fazer um minicontrato de dólar, você aposta nas variações que as taxas cambiais podem oferecer. Foto: iStock, Getty Images

Ao fazer um minicontrato de dólar, você aposta nas variações que as taxas cambiais podem oferecer. Foto: iStock, Getty Images

Como funciona o minicontrato de dólar

Ao realizar um minicontrato de dólar, você negocia na BM&F o equivalente a 10% de um contrato padrão da moeda norte-americana, que possui o valor de 50 mil dólares. A lógica parece complicada, mas o raciocínio é mais simples.

Qual será o preço, em reais, de 5 mil dólares em uma determinada data futura? A partir dessa pergunta, é estabelecida uma relação entre a taxa de câmbio das duas moedas e os fatores que podem influenciar no processo.

A cotação do dólar varia de acordo com a disponibilidade da moeda no país, do seu fluxo de entrada gerado com a exportação e a importação de bens e serviços, dos investimentos estrangeiros, das remessas de moeda para o exterior e da tendência de negociação da moeda no mercado interno, tanto de compra quanto de venda.

Por sua característica de alta liquidez e baixa volatilidade, o investimento chama a atenção de investidores. Para quem não deseja fazer um minicontrato de dólar, é possível ainda aplicar em opções como o gado bovino, o café e o Índice Bovespa. Para cada um deles, as porcentagens e características variam.

 

Cartões de crédito com benefícios

Se você gosta de comprar com praticidade e movimentar o seu dinheiro com segurança, é bom conhecer os Cartões de Crédito Vivo. Com os cartões de crédito Vivo Santander e Vivo Itaucard 2.0, você tem diversas vantagens, como alerta SMS, bônus na recarga de celular, pontos no Vivo Valoriza, descontos nos ingressos de cinema e parcelamento em até 12 x sem juros nas Lojas Vivo.
> Cartões de Crédito Vivo: Conheça as vantagens

Gostou das dicas para investir em um minicontrato de dólar? Compartilhe!

É importante entender de finanças bem antes de sair de casa.
investir em imóvel na planta vale a pena
vale a pena investir na decoração de uma casa para alugar
vale a pena ter seguro de vida
melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito