Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Descontos no preço de moto são incentivo para compra à vista

A- A+

A queda nas vendas de motocicletas no primeiro semestre de 2015 chegou a 10,58%, segundo a Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) – o pior desempenho desde 2006. Apesar de ruim para o setor, o cenário pode ser vantajoso para o consumidor que aproveitar a redução no preço de moto e melhores condições de pagamento.

Com a crise, o segmento tem apostado em promoções, bônus e facilidades de financiamento para atrair novos consumidores, que podem aproveitar descontos que chegam até R$ 10 mil no preço de moto, em caso de pagamento à vista.

Preço de moto está reduzido.

Ao comprar moto, avalie sua utilidade e a adequação ao seu perfil físico. Foto: iStock, Getty Images

Tendência de queda no preço de moto

Para se manter líder de mercado, a marca japonesa Honda está oferecendo promoções no preço das motos de modelos de todos os portes.

Um exemplo: um dos modelos mais vendidos, a CG 150 Fan ESDi, sai para o consumidor por cerca de R$ 8 mil à vista ou com entrada de 10% mais 48 parcelas com juros de 2,29% ao mês – um percentual baixo para o segmento.

Outra líder, a Yamaha está com promoção no preço de moto que é lançamento: a miniesportiva Yamaha YZF-R3, que custar ao consumidor R$ 19.990 (versão sem ABS).

As oportunidades de descontos no preço de moto e facilidades na compra, no entanto, não são apenas das marcas líderes. A Kawasaki, a Ducati, a BMW, a Triumph e a Harley-Davidson também têm oferecido facilidades e condições especiais na compra de seus modelos.

Dicas para comprar o modelo certo

O preço de moto costuma ser bem inferior se comparado a de um carro. Essa é uma das razões para o grande número de veículos de duas rodas circulando pelas ruas e avenidas do País.

De acordo com dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o número de motos já é maior do que o de carros em 10 estados. Em algumas cidades, principalmente no interior, o crescimento da frota de duas rodas nos últimos 10 anos ultrapassa 100%.

Mas não basta querer comprar uma moto e procurar a mais barata. O motorista deve estar atento a algumas questões antes de fazer uma pesquisa de qual modelo vai comprar. Entre elas, há duas principais: a utilidade da moto (se para passeio ou transporte) e a adequação ao perfil físico do usuário (principalmente peso e altura).

Você vai se interessar por:

Acidentes de moto foram recordistas em indenizações em 2014

Como economizar em loja de peças de moto

Confira dicas e possíveis destinos para curtir uma viagem de moto

As motos mais vendidas

De acordo com levantamento feito pela Fenabrave, o total de motos vendidas no primeiro semestre chegou a um pouco mais de 640 mil unidades. As marcas Honda e Yamaha dominam a lista dos 10 modelos mais procurados pelo público. A Honda CG 150 é o mais vendido, com quase 175 mil unidades comercializadas.

A marca também domina a preferência do consumidor da 2ª até a 5ª posição no ranking dos modelos mais comprados: Honda Biz, Honda NXR 150/160, Honda Pop 100 e Honda CG 125.

Ainda no ranking, A Yamaha YBR 125 e a Yamaha Fazer 150 são o 6º e 7º modelos mais vendidos, respectivamente. Honda XRE 300, Honda CB 300R e Honda PCX 150 fecham a lista.

 

Vai aproveitar o menor preço de moto? Deixe seu comentário!

Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico
geladeira com freezer ou congelador
vale a pena comprar produtos da apple