Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Décimo terceiro antecipado: tome cuidado ao tomar o crédito

A- A+

O décimo terceiro antecipado pode servir para pagar dívidas, dar entrada em novos investimentos ou cobrir gastos extraordinários do período, como presentes, festas e viagens. Mas é importante tomar cuidado ao tomar esse dinheiro antes do tempo: sem planejamento, o resultado é um orçamento mais difícil de equilibrar.

Como funciona o décimo terceiro antecipado

O décimo terceiro é um benefício garantido por lei, que assegura ao trabalhador com carteira assinada o recebimento de um salário extra ao fim do ano. O problema é que nem sempre as pessoas conseguem ou podem esperar até dezembro para receber esse dinheiro. Quando o excesso de dívidas e imprevistos financeiros fazem parte da realidade, a primeira ação é recorrer a medidas fáceis, que deem retorno garantido.

É por conta disso que cada vez mais instituições financeiras permitem o adiantamento do décimo terceiro. A opção funciona como um empréstimo, em que o dinheiro é liberado a partir de uma linha de crédito específica e o trabalhador precisa devolver o valor total de acordo com as definições previstas em contrato.

O décimo terceiro é um direito do trabalhador, mas antecipá-lo nem sempre é a melhor saída. Foto: iStock, Getty Images

O décimo terceiro é um direito do trabalhador, mas antecipá-lo nem sempre é a melhor saída. Foto: iStock, Getty Images

Cuidado com décimo terceiro antecipado

A solução parece simples e capaz de ajudar nos momentos de dificuldade, mas é preciso estar atento. Como se trata de uma dívida que você cria com o banco, há juros envolvidos. É por isso que Antonio Nascimento, educador financeiro, indica que, antes de pedir a antecipação, é importante se perguntar se isso é realmente necessário.

“Só vale a pena antecipar o décimo terceiro se a pessoa pegar este dinheiro emprestado para substituir uma dívida cara por outra de menor custo. Por exemplo, se você está utilizando o limite do cheque especial ou se tiver dívidas com o cartão de crédito, que possuem taxas mais altas, o adiantamento do décimo terceiro para reduzir ou quitar o que deve é viável”, exemplifica Nascimento.

Ou seja, é uma alternativa válida quando o objetivo é colocar em ordem o orçamento e quitar dívidas caras, que se tornaram um problema na sua renda. Mas você também precisa ter em mente que o dinheiro que vai receber no final do ano já vai estar comprometido e não vai ser opção para arcar com os gastos que costumam ser acrescidos ao orçamento nesse época.

Se o décimo terceiro antecipado for a sua melhor saída, Ana Paula Pavanatti, educadora, terapeuta e assessora financeira da REORG Gestão Financeira, destaca a importância de realizar um planejamento das contas que precisam ser pagas ao longo do período, incluindo as taxas de juros. Só assim é possível garantir que o empréstimo vai ser quitado a tempo.

Monitore o seu CPF

Quando as dívidas são parte da rotina, é bom estar atento ao seu CPF e evitar que o seu nome acabe na lista de negativados. Para ajudar você a evitar problemas, a Vivo lançou, em parceria com a Serasa Experian, um serviço que envolve monitoramento e alertas relacionados a movimentações do seu documento. Receba notificações via SMS sempre que:

  • Ocorrer uma alteração no status de seu CPF nas bases de dados da Serasa Experian
  • Uma empresa consultar seu nome nas bases de dados da Serasa Experian
  • Uma empresa estiver prestes a negativar o seu nome nas bases de dados da Serasa Experian.
> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Você pretende ter o seu décimo terceiro antecipado? Comente!

Empréstimo ou financiamento
sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns