Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Débito ou crédito? Veja as vantagens de cada pagamento

A- A+

O dinheiro de plástico é uma realidade para o brasileiro. Nos dois primeiros meses deste ano, quase R$ 450 milhões foram movimentados com cartões de débito ou crédito no país, segundo pesquisa da Cappta, empresa especializada na captura de pagamentos.

Mesmo assim, nem sempre é fácil decidir qual é a melhor opção de pagamento. Você tem dúvida se deve usar cartão de débito ou crédito? Então veja nossas dicas.

Como o brasileiro usa cartões de débito ou crédito

Um estudo realizado pelo Itaú, em 2014, apontou que as classes C, D e E representaram 60% das compras com dinheiro de plástico. Os cartões de débito ou crédito ativos na classe A somam apenas 3% do total no país, segundo o mesmo levantamento. O que fez esse aumento ampliar nas classes econômicas mais baixas foi a descoberta das contas pré-pagas, principalmente.

A média hoje do gasto no cartão de crédito está em R$ 699, um aumento de 23% em três anos.

De acordo com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), até 2016 o mercado de cartões de crédito e de débito deve crescer 17%. Entre débito ou crédito, a classe C usa mais o débito, conforme um estudo apresentado pela empresa de proteção ao crédito Boa Vista SCPC e pela Visa.

Das mil pessoas entrevistadas que têm renda familiar entre R$ 1.734 e R$ 7.475,00, 42% usam mais o cartão de débito no dia a dia. Outros 29% ainda preferem o dinheiro, enquanto 28%, o cartão de crédito. Apenas 1% usam cheque. Os pesquisadores apontaram que tal comportamento revela que aumentou o número de pessoas da classe C com conta bancária.

Débito ou crédito

Cartão de crédito oferece parcelamento de compras sem juros. Foto: Shutterstock

Qual é melhor: débito ou crédito?

Na verdade, os dois têm características interessantes para o consumidor, muitas delas semelhantes. A principal diferença entre cartão de crédito e débito é que o primeiro oferece um prazo para o pagamento, enquanto o segundo envolve a imediata retirada do valor de sua conta corrente. Com cautela e consciência, você pode obter benefícios de ambos.

Cartão de crédito

Esse tipo de pagamento não representa um desembolso imediato de dinheiro ou um débito automático na sua conta corrente. Com esse cartão, você tem até 40 dias para pagar as suas contas, dependendo da data de vencimento da fatura.

O pagamento em dia dessa fatura não implica em juros, ou seja, você paga mais tarde pelo valor que estaria gastando se comprasse à vista. Caso você não consiga quitar sua fatura, ou seja, se você comprar além do que o seu orçamento permite, o montante excedente terá a incidência de juros, para pagamento no mês seguinte.

Algumas vantagens do cartão de crédito:

  • Detalhamento dos gastos na fatura.
  • Parcelamento de compras sem juros em muitos estabelecimentos.
  • Benefícios e prêmios, como milhas para viajar e descontos no cinema.
  • Compras em sites nacionais e internacionais.
  • Facilidade e praticidade na hora de comprar.
  • Segurança para o cliente, que não precisa levar dinheiro em espécie.

Cartão de débito

Esse cartão envolve a retirada de dinheiro de sua conta corrente para o pagamento imediato da compra. Ou seja, se você opta por comprar um liquidificador em uma loja usando o cartão de débito, o exato valor que você daria em dinheiro será debitado de sua conta. Depois, ao analisar o extrato, você verá o registro da compra, a data e a hora da transação.

Nesse tipo de pagamento, não há a incidência de juros, a menos que você não tenha saldo suficiente em sua conta bancária. Em contas que possuem cheque especial, essa situação vai fazer com que você use parte ou a totalidade do seu limite. Cheque especial é um termo aplicado para contas correntes que tenham, vinculado, um valor determinado de crédito pré-aprovado. Se o correntista precisar usar esse limite, o valor precisa ser devolvido com juros e encargos.

Algumas vantagens do cartão de débito:

  • Detalhamento completo das despesas no extrato da conta corrente.
  • Compras em alguns sites nacionais.
  • Facilidade e praticidade na hora de comprar.
  • Em alguns casos, descontos em cinema e outros benefícios.
  • Segurança para o cliente, que não precisa levar dinheiro em espécie.

Diferenças

Entre as vantagens na hora de escolher entre débito ou crédito está a segurança de não portar dinheiro em espécie. O crédito ganha pontos na hora de parcelar uma compra de valor mais alto e também por ser uma opção numa situação de emergência financeira. Não é preciso fiador ou uma burocracia junto ao banco. O débito também é uma opção prática, que facilita a organização das finanças do consumidor.

Cartões de crédito com benefícios

A Vivo oferece os cartões de crédito Vivo Santander e Vivo Itaucard 2.0 com diversas vantagens para os usuários, como bônus na recarga de celular, pontos no Vivo Valoriza, descontos nos ingressos de cinema e facilidades nas Lojas Vivo.
> Cartões de Crédito Vivo: Conheça as vantagens

Gostou das dicas para decidir entre crédito ou débito? Compartilhe!

Empréstimo ou financiamento
melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
não consigo pegar empréstimo
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito