Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Customização de móveis é aposta para reduzir gastos com decoração

A- A+

Quando você começa a cansar da própria casa, surge a ideia de trocar toda a decoração. É normal querer mudar o visual do seu “lar, doce lar”, mas esse desejo por vezes esbarra no custo. Seja para repaginar os ambientes ou mesmo ao mudar de residência, a customização de móveis pode ser uma saída econômica e sustentável.

Quer razões para apostar nessa ideia? Nos dias de hoje, com os preços inflacionados, mobiliar uma casa ficou ainda mais caro. Além disso, o consumo consciente também é importante, como forma de reduzir a geração de lixo e os danos ambientais.

Customização de móveis rende economia para seu bolso.

Móveis antigos podem ser reaproveitados de forma a dar uma cara nova ao item. Foto: iStock, Getty Images

Economia na customização de móveis

Se você ainda não sabe o que é customização de móveis, pensa em um tipo de personalização. Pode ser uma simples pintura ou até mesmo a reforma total de uma peça já envelhecida, mas que fica com aparência de nova e do jeito que você gosta.

A economia pode ser grande. Partindo do princípio que você gastaria em média R$ 2,5 mil com a decoração básica de uma sala de estar (estante por R$ 800, sofá retrátil por R$ 1,5 mil e mesa de centro por R$ 200), é possível gastar menos de um quinto desse valor com a customização de móveis.

Customização de móveis por você

O valor economizado varia e pode até ser maior, dependendo da sua criatividade e também da disponibilidade para encontrar elementos e reformá-los.

Aquele sofá velho, por exemplo, que já está com o tecido desgastado mas ainda é confortável, pode ser reestofado por um profissional. Se você gosta da ideia de customização de móveis, pode comprar um tecido que lhe agrade (por preços atrativos) e ter um sofá novinho com a sua cara.

Já uma mesa de centro com a pintura desgastada pode ser reformada por você mesmo. Basta lixar, pintar e passar um verniz para que essa peça se torne um móvel de destaque na sua sala. O material é muito barato e o trabalho é fácil.

Pessoas com maior habilidade podem até mesmo construir seus próprios móveis. Mesas de centro, estantes e prateleiras em geral podem ser elaboradas em diversos materiais. Os caixotes de feira estão entre os preferidos dos adeptos da customização de móveis, pela versatilidade que oferecem.

Realizando a customização de móveis

Lixar e pintar uma mesa antiga concede ao móvel um aspecto de novo. Foto: iStock, Getty Images

As vantagens da customização

Com esse espírito de “faça você mesmo”, além de economizar, você contará com peças exclusivas em sua casa. Assim, não terá mais a ingrata surpresa de visitar os amigos e encontrar os móveis iguaizinhos aos seus.

É importante, entretanto, reaproveitar peças que possam ser realmente úteis, sem cupins ou outros problemas. A personalização de geladeiras – muito em alta entre os habilidosos – nem sempre é uma boa ideia. Um equipamento retrô é fácil de pintar, fica lindo, mas gasta muito mais energia que um refrigerador novo.

Se quer começar a praticar a customização, a dica é começar por artigos pequenos. O mais interessante é que tudo pode ser transformado em item decorativo ou funcional – desde uma simples luminária até um sofá podem ser idealizados por você.

Você vai se interessar por:

Móveis para casa: aprenda como estimar seus gastos

Móveis modulados são opção moderna para pequenos espaços

Confira dicas para comprar móveis sem estourar o orçamento

Proteção para sua casa

Para garantir sua tranquilidade, nada melhor que um seguro. Com o Seguro Proteção Residencial, oferecido pela Vivo em parceria com a Ace, está prevista uma indenização em caso de danos à sua residência em função de incêndio, raio, explosão, roubo e furto qualificado de bens, danos elétricos e responsabilidade civil e familiar.

> Seguros para seus bens: Proteção da sua casa até sua bolsa, mochila e carteira

Esse artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

almofadas para sofá
plantas para ter dentro de apartamento
parede de vidro
Comprar casas em Orlando é opção
Como é morar no campo
Trabalhando na reforma de casas antigas