Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Custo-benefício é arma do Matebook, o híbrido da Huawei

A- A+

Se você acompanha o mercado de tecnologia e vê com atenção e interesse os lançamentos de híbridos (2 em 1: notebook e tablet), conta com mais uma opção para sua escolha. O Matebook é aposta da Huawei nesse segmento. O dispositivo, que tem um design semelhante ao do smartphone Mate, foi apresentado em fevereiro, durante o Mobile World Congress 2016, na Espanha.

Matebook, da Huawei

Matebook promete melhor relação custo-benefício que o Surface, da Microsoft. Fotos: Divulgação

Matebook tem cinco versões

O Matebook surge como uma estratégia da Huawei em duas frentes: com o lançamento, a multinacional chinesa busca driblar as dificuldades enfrentadas pelo mercado de notebooks atualmente, além de apresentar um um concorrente à altura do Surface Book, da Microsoft.

O 2 em 1 da marca tem tela touch screen de 12 polegadas, resolução de 2160 x 1440 pixels e conta com o sistema operacional Windows 10.

Para suprir as necessidades de seus clientes, a empresa de tecnologia decidiu lançar cinco versões do dispositivo que se diferenciam nas configurações.

A opção mais barata tem chip Core m3 de sexta geração, da Intel. O dispositivo conta com 4GB de memória RAM e 128 GB de memória interna. Em reais, seu preço parte de R$ 2.800,00 e sua versão com o dobro do armazenamento custa cerca de R$ 3.400,00.

Matebook, da Huawei

Entre as versões disponíveis do Matebook, está uma em que o processador é Core M5, a memória RAM é de 8 GB e 256 GB de Solid-State Drive, ou SSD, uma nova tecnologia de armazenamento, considerada a evolução do disco rígido.

Esse tipo de dispositivo armazena dados em um ou mais chips e isso torna os aparelhos que utilizam SSD mais econômicos no consumo de energia. Seu preço fica em torno de R$ 4 mil e a versão com 512 GB, também com tecnologia SSD, sai por quase R$ 5 mil.

A última versão, considerada a top de linha da marca, traz configurações que deixam clara a potência do aparelho. Nela, a Huawei oferece um processador Core M7, 8 GB de RAM e 512 GB de memória interna e tudo isso sai por pouco mais de R$ 6 mil.

Acessórios do Matebook

O teclado que pode ser acoplado ao notebook/tablet é vendido separadamente e custa aproximadamente R$ 600. Além dele, há uma caneta stylus, chamada de MatePen, com preço estimado em R$ 240,00.

Outro recurso que a Huawei criou para atrair clientes foi o MateDoc, que adiciona entradas HDMI, VGA, RJ45 e duas portas USB ao conjunto.

O produto é leve, tem cerca de 640 gramas e 6 mm de espessura. Ainda não há previsão de vendas no Brasil.

Matebook, da Huawei

A disputa pelo mercado de híbridos

Ao levar consideração os preços dos aparelhos, o Matebook tem boa vantagem por apresentar um custo mais acessível, além de oferecer diversas versões ao consumidor.

O Surface Book, o aclamado laptop da Microsoft, está disponível no site da marca por quase 2 mil dólares – o que resulta em um custo em reais aproximado de R$ 7 mil, sem considerar taxas e impostos. Outra versão do produto, com 1 TB de armazenamento, não sairia por menos de R$ 12 mil.

Além do preço, o que impressiona é a configuração do produto top de linha, pois conta com um processador i7 e 16 GB de RAM – o que promete uma performance de desempenho superior até mesmo ao MacBook Pro, da Apple.

Você vai se interessar por:

Encontre eletrônicos no Vivo Compras

Antes de comprar o seu híbrido, tablet ou notebook, é importante comparar os preços e as condições de pagamento. O Vivo Compras traz mais de 850 mil produtos para escolher em diferentes lojas virtuais, através do mesmo carrinho.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para suas compras

Qual sua expectativa para o Matebook? Comente!

Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico
geladeira com freezer ou congelador
vale a pena comprar produtos da apple