Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Cuidados na entrega de imóvel após a compra evitam despesas

A- A+

A pressa e a ansiedade em morar no apartamento novo faz com que muitas pessoas deixem de fazer uma vistoria detalhada, o que pode trazer despesas futuras indesejadas, especialmente para você que já está com o nome sujo. Confira cuidados que precisam ser tomados na hora da entrega de imóvel pela construtora.

Guia AMSPA para vistoria na entrega de imóvel

Segundo estimativa da Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências (AMSPA), de cada dez prédios entregues em São Paulo, pelo menos três apresentam problemas de vícios de construção ou defeito na obra. Para que aborrecimentos como esses não aconteçam, é necessário tomar alguns cuidados.

seudinheiro-entrega-de-imovel

Cuidados precisam ser tomados na hora da entrega de imóvel pela construtora. Foto: iStock, by Getty Images

Esquadrias de portas e janelas

É fundamental exigir da construtora a informação do nome ou marca do fabricante das esquadrias e saber se o material está de acordo com a norma técnica ABNT NBR 10821, que varia de acordo com cada região do País e altura da edificação em função da força do vento.

Você vai se interessar por:
Imóvel como investimento: descubra se vale a pena
Imóvel na planta vale a pena? Confira vantagens e desvantagens
Manter o aluguel ou comprar um imóvel: saiba como decidir

Outro detalhe essencial é conferir a resistência das portas e janelas, a fixação dos parafusos, os rasgos de saída de água e a regulagem dos fechos, roldanas, braços e limitadores das esquadrias. Além disso, deve-se observar o funcionamento e a presença dos componentes como: borrachas, escovas e a presença de silicone, visando a perfeita vedação;

Para verificar as venezianas, apague a luz do cômodo e a feche. Feito isso, não se pode ver feixes de luz, a não ser pela veneziana ventilada. Caso seja verificada a passagem de luz entre as folhas e os perfis laterais, significa que por ali também passará água, ar e ruídos. O que está em desacordo com as Normas Técnicas das esquadrias.

Vistoria minuciosa

Observe se a metragem de cada parte da propriedade, incluindo pisos, contra pisos , rodapés e áreas comuns do prédio, corresponde ao que informa o contrato. Caso a vistoria comprove que a diferença no tamanho de qualquer dos compartimentos do imóvel é superior a 5%, você pode exigir da construtora o complemento da área, o abatimento no valor ou recisão contratual, como determina o artigo 500 do novo Código Civil.

Faça, também, uma vistoria nos sistemas elétricos e hidráulicos, como canalização de esgotos, grelhas, torneiras, local que vai colocar box e nível de escoamento da água nos banheiros e cozinha. Verifique se há vazamentos na garagem, com está a situação da lixeira, elevadores, área de lazer, equipamentos de incêndio e iluminação.

“Para problemas estruturais, o proprietário tem o prazo de cinco anos, podendo ser prorrogado judicialmente caso comprovada falha por parte do construtura, para reivindicar soluções. Já para problemas aparentes, como tomadas que não funcionam, por exemplo, o tempo máximo para reclamações é de 90 dias, a contar a data da assinatura do contrato ou escritura”, afirma o gerente imobiliário Fabrício Montano.

Fabrício recomenda ainda que não se assine nenhum termo de recebimento das chaves ao confirmar que o imóvel está com problemas estruturais ou até mesmo falhas no prédio.

“Antes de assinar qualquer contrato, pesquise o histórico das construtoras e exija documentos como, matrícula, negativas de ônus, reipersecutórias de IPTU, os dados da incorporação do imóvel, todas suas plantas e habite-se (se o imóvel já estiver pronto)”, aconselha.

> Vivo Assistência Casa e Auto: Garanta eletricista, encanador, chaveiro e mais para casa

Gostou das dicas para entrega de imóvel? Compartilhe!

como calcular a reforma de um apartamento
quanto custa um seguro de casa
como escolher uma seguradora de veiculos
cooperativa habitacional
preço de imoveis começa a cair
economizar no seguro da casa