Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Cuidado com o Carrier IQ: seu telefone está exposto

A- A+

Você já parou para pensar que todas as suas ações no celular podem estar sendo monitoradas, desde o envio de um SMS à navegação na internet? Não é teoria conspiratória, é real: esse tipo de “observação não autorizada” sobre o seu aparelho é possível graças ao Carrier IQ, um aplicativo criado para melhorar a qualidade de rede.

Presente em um grande número de smartphones (em muitos casos, sem que o seu dono saiba disso), o app surgiu com boas intenções. Ao coletar informações sobre os sites visitados, permite correções para qualificar a experiência do usuário. O problema começou na exposição da sua privacidade.

Jovem preocupada com Carrier IQ

Software coleta dados sem consentimento, mas pode ser detectado com aplicativos. Foto: iStock, Getty Images

A atuação do Carrier IQ

Carrier IQ é o nome da empresa que projetou o aplicativo presente em quase todos os celulares do mundo. Quando descoberto, em 2011, ele foi acusado de monitorar cerca de 140 milhões de pessoas ao redor do planeta. O problema é que a maior parte delas nem sabia que esse sistema existia e muito menos que ele atuava em seus telefones.

Quem descobriu a ação foi um norte-americano, administrador de rede, chamado Travor Eckhart. Ele decidiu realizar um teste com o seu aparelho Android e descobriu que todas as atividades realizadas por ele estavam registradas pelo sistema. A partir de então, começaram a surgir suspeitas sobre o caso.

As investigações apontaram para o fato de que a função do Carrier IQ seria coletar os dados de acesso do telefone e enviá-los para as operadoras, a fim de realizar melhorias nas redes de telefonia móvel.

Empresas como Sprint, AT&T, T-Mobile e Samsung confirmaram que os telefones operados ou fabricados por elas possuem o sistema embutido. Já a Apple abandonou o uso do software após o iOS 5 e permite que os usuários bloqueiem o envio de dados anônimos.

Para os usuário que não contam com essa permissão de bloqueio, o risco é de que o sistema não se limite a armazenar os dados registrados no navegador, mas também senhas de banco, mensagens SMS, números de telefone e uma série de outras informações confidenciais.

O que mais levanta suspeita é que ninguém sabe para onde essas informações são enviadas. Mesmo que a Carrier IQ tenha se defendido em nota oficial, afirmando que o ambiente é seguro, o sigilo da existência desse monitoramento e a captação de dados sem consentimento do usuário abalaram a confiança na empresa.

Há, porém, quem defenda a existência do software e de outros similares. Afinal, justamente pela capacidade de armazenar dados é que ele ajuda a solucionar alguns dos principais problemas de conectividade dos usuários.

Você vai se interessar por:

Como detectar o Carrier IQ

Nem todas as operadoras e fabricantes atuantes no Brasil confirmam ou negam a utilização do Carrier IQ. Por isso, se você quiser saber se o seu telefone possui o sistema instalado, é preciso contar com a ajuda de verificadores. Apps como o Voodoo Detector e o Carrier IQ Detector analisam o seu telefone e descobrem se o software está instalado.

Se o seu interesse é excluir a aplicação do seu telefone, deve baixar aplicativos, como o Logging Test App, disponível na Google Play. Ele detecta o espião e ainda é capaz de removê-lo do sistema.

Para os usuários de iPhones fabricados originalmente com iOS 5, é preciso inibir o envio de dados anônimos na aba de Ajustes.

 

Fez o teste no seu aparelho? Encontrou o Carrier IQ? Deixe seu comentário!

vale a pena comprar celular top de linha
reembolso no cartão de credito
smartphone com maior tela
segurança cibernética
tablets ou smartphones
Modelo de celular simples e barato