Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Crédito pré-aprovado deve ser utilizado com cautela

A- A+

Você sabe como funciona o crédito pré-aprovado e quando recorrer a ele? Todo cliente de uma instituição financeira é classificado de acordo com um perfil de consumo, que leva em conta, entre outros fatores, a renda e a quantidade de dinheiro que ele movimenta em sua conta.

Com o passar dos anos, se o cliente possui um bom relacionamento com o banco, é provável que tenha à disposição outros produtos, como o crédito pré-aprovado com um limite alto. Essa linha de empréstimo pode tirar você do sufoco em caso de uma emergência. Quando mal utilizado, no entanto, pode se tornar um problema e agravar as dívidas.

Modalidade tem mais riscos do que benefícios. Foto: iStock, Getty Images

Crédito pré-aprovado precisa ser usado com cautela. Foto: iStock, Getty Images

Riscos do crédito pré-aprovado

Em muitas instituições financeiras, um empréstimo através do crédito pré-aprovado está disponível na tela inicial dos caixas eletrônicos. A oferta pode parecer tentadora quando as dívidas se acumulam, mas deve ser observada com cautela.

Dentre as orientações do Banco Central (BC) sobre a concessão de empréstimos, está a exigência de as instituições assegurarem, na contratação de operações e na prestação de serviços, a adequação aos interesses e objetivos dos clientes. Com a solicitação do crédito pré-aprovado a partir de um caixa eletrônico, contudo, isso não ocorre.

Sem as instruções do gerente ou de um especialista financeiro, os riscos de você não fazer as melhores opções ao adquirir o crédito pré-aprovado são maiores. Com isso, fica mais difícil dividir o orçamento entre dívidas, empréstimos e gastos fixos mensais.

Opções para quem busca crédito pré-aprovado

Se você se passou nos gastos e agora está utilizando o cheque especial que o banco disponibiliza, o crédito pré-aprovado é uma alternativa emergencial. Em geral, ele costuma apresentar taxa de juro menor do que a do limite da sua conta bancária.

Caso você não tenha como fugir das dívidas a curto prazo, a regra é conversar com o gerente e pesquisar os valores de mercado. O empréstimo consignado, por exemplo, faz o desconto diretamente na folha de pagamento e apresenta taxas mais baixas.

“Em princípio, contrair um empréstimo para pagar outro não é recomendado, pois, em geral, o que acontece é que isso vira uma bola de neve, com resultados bastante desagradáveis. O que se recomenda é agir preventivamente, no sentido de evitar a obtenção de empréstimos bancários”, destaca ainda o professor de Economia da Universidade Estácio de Sá, do Rio de Janeiro, Jair Abreu.

Conta garantida

Para se prevenir diante de uma dificuldade financeira, o Vivo Conta Garantida oferece o pagamento total ou parcial de sua conta de celular em caso de perda de renda mensal. Ele pode ser contratado por trabalhadores com vínculo empregatício e autônomos que, além de garantir seus pagamentos, ainda concorrem a prêmios em dinheiro.

> Vivo Conta Garantida: Assegure 3 meses de conta paga de celular em caso de desemprego
quando vale a pena comprar título de capitalização
Empréstimo ou financiamento
É importante entender de finanças bem antes de sair de casa.
não consigo pegar empréstimo
como lidar com a avareza
não consigo pagar financiamento veículo