Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Crédito fácil pode esconder juros altos; dica é pesquisar

A- A+

Você quer muito comprar algo, mas não tem dinheiro suficiente. De repente, vê aquele anúncio de crédito fácil e rápido na televisão, sem burocracia, sem comprovação de renda, e que promete resolver todos os seus problemas. Você se convence de que é melhor, vai até a loja e pega um empréstimo. Assim, vai descobrir da pior forma que, sem planejamento, fácil mesmo é se endividar.

Crédito fácil não existe

Depois de se endividar, a independência financeira se torna mais distante. Ou seja, aquele momento da vida em que o dinheiro vai trabalhar para você. Mas que fique claro: crédito fácil não existe. Ou melhor, ele até está ali, dependendo de uma conversa com o atendente de uma financeira ou a poucos cliques em um caixa eletrônico.

Porém, se é mesmo fácil de se obter, na maioria das vezes, é difícil se livrar dele. O crédito fácil acaba se tornando o pesadelo dos endividados, que não organizam o orçamento da casa e acabam caindo em financiamentos a juros altíssimos.

credito facil

Tenha cuidado com as armadilhas e desconfie das alegadas facilidades de crédito. Foto: iStock, Getty Images

Se você quer ter uma vida financeira saudável, a regra é aprender a diferenciar dois conceitos: o do “eu quero” e o do “eu preciso”. Com a farta oferta de crédito fácil, o “eu quero” acaba levando a vantagem geralmente. Você almeja ter algo e, mesmo não precisando, vai lá e gasta dinheiro comprando o objeto de desejo.

Dessa forma, você pode não se dar conta de que, se levar em consideração a necessidade, talvez sobre mais dinheiro para a poupança da casa e, consequentemente, para gastar com diversão e supérfluos no futuro.

Crédito fácil em situações emergenciais

É óbvio que nem todo o dinheiro que gastamos com as contas secundárias da casa é com bobagem. Há momentos em que de fato necessitamos de dinheiro para pagar contas importantes, como emergências médicas, por exemplo.

Para o professor de Economia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) Alfredo Meneghetti existem três situações (além dessas emergenciais) em que é permitido pegar um empréstimo: para estudar, para impulsionar o negócio próprio e para adquirir a casa própria. Para todas as outras a dica é poupar – aliás, quem poupa desde cedo sempre tem uma reserva para as emergências.

Mesmo quando o empréstimo é permitido, contudo, é importante ficar atento às ofertas de crédito fácil do mercado. Se for mesmo necessário pegar um empréstimo, a primeira coisa a se fazer é pesquisar qual instituição financeira oferece a menor taxa de juros. A diferença de um banco para outro pode ser muito grande, e isso, lá no final das contas, vai pesar no seu bolso.

Conta corrente sem complicação

Antes de recorrer ao crédito, que tal economizar? Você já pensou em ter uma conta corrente no seu celular, que facilita os pagamentos, as compras e os saques em todas as situações? Tudo isso sem necessidade de comprovar renda. Com o Vivo Zuum no celular, você pode:

– Transferir dinheiro para outra pessoa que também tenha conta Vivo Zuum, de qualquer lugar.

– Recarregar os créditos do seu celular Vivo, de um parente ou amigo.

– Pagar contas de água, luz, gás e boletos bancários.

E solicitando o cartão Vivo Zuum, você também pode:

– Fazer compras em mais de 1,8 milhão de estabelecimentos conveniados MasterCard.

– Sacar dinheiro em caixas eletrônicos da Rede Cirrus.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Gostou das informações sobre crédito fácil? Deixe seu comentário.

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
Empréstimo ou financiamento
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria