Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Crédito agrícola favorece o empreendedorismo no campo

A- A+

Os setores de agricultura e pecuária são responsáveis não apenas por aquecer a economia do país e elevar os números relacionados à exportação, mas também por abastecer a mesa dos brasileiros. Não é à toa que existe uma linha específica de custeio para essas atividades. Com o crédito agrícola, sobretudo o produtor de pequeno e médio porte ganham a chance de estruturar seus negócios e ampliar a produtividade.

Mas esses não são os únicos objetivos. De acordo com o Banco Central, a meta também é estimular a aquisição e regularização de terras pelos pequenos produtores e mesmo aprimorar o uso da mão de obra na agricultura familiar.

Crédito agrícola possui três finalidades

O crédito rural possui recursos que podem ser destinados a três possibilidades diferentes: custeio, investimento ou ainda comercialização. No primeiro caso, o dinheiro pode ser alocado para cobrir despesas habituais do ciclo produtivo, como é o caso da compra de insumos.

Na opção seguinte, o empréstimo pode ser aplicado em bens ou serviços que possam ter efeito não apenas pontual, mas também nos anos seguintes. Por fim, os recursos relacionados à fase de comercialização preveem uma maneira de que o produtor garanta o abastecimento da safra.

O crédito agrícola é tomado diretamente nos bancos ou por meio de cooperativas de crédito. A principal vantagem oferecida é a taxa de juros, bem abaixo dos valores de mercado. O valor depende da modalidade em que você se encaixa e varia atualmente entre 7% ao ano e  8,75% ao ano.

Ele pode ser concedido a todo produtor rural, tanto pessoa física quanto jurídica, associações rurais, cooperativas agrícolas de produtores rurais, e também a quem desenvolva atividades específicas na área rural ou agrícola, mesmo que não seja produtor. É o caso, por exemplo, da área de pesquisas.

O crédito rural ajuda os setores de agricultura e pecuária a se estruturarem. Foto: Shutterstock

O crédito rural ajuda os setores de agricultura e pecuária a se estruturarem. Foto: Shutterstock

Exigências para receber o crédito agrícola

Mas para contar com o crédito oferecido nessa modalidade, o tomador precisa cumprir com algumas obrigações e exigências. A primeira delas é a apresentação de um orçamento, plano ou projeto de aplicação. Também é importante estar atento ao cronograma de utilização dos recursos e de reembolso.

É obrigatória ainda a fiscalização por parte do financiador e o uso do crédito não pode descumprir restrições de zoneamento agroecológico. O total solicitado pode ser liberado de uma única vez ou em parcelas, a partir das necessidades de cada empreendimento. O dinheiro pode ser recebido diretamente pelo produtor ou ainda pelo intermédio de suas associações ou organizações cooperativas.

Gostou das dicas sobre crédito agrícola? Compartilhe!

Empréstimo ou financiamento
não consigo pegar empréstimo
o que são benefícios assistenciais
como economizar na limpeza
não consigo pagar financiamento veículo
cartão de loja pode cobrar anuidade?