Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Credit scoring ajuda a identificar capacidade do cliente pagar empréstimo

A- A+

Quando você vai em busca de um empréstimo, a instituição financeira não o concede sem antes recorrer a técnicas estatísticas para conhecer a sua capacidade de endividamento. Você pode nem perceber, mas o credit scoring é aplicado para que o banco se previna quanto às suas possibilidades de pagar ou não a dívida contraída.

Essa análise de crédito avalia o potencial de retorno do tomador, mensurando sua capacidade financeira. Além de identificar se o cliente possui idoneidade, ela leva em conta os riscos da dívida não ser amortizada e a instituição ter um prejuízo.

“A necessidade de controle e gerenciamento eficaz do risco fez com que as instituições financeiras passassem a primar pelo aperfeiçoamento das técnicas de análise de crédito”, afirma a doutora em Administração e professora da Universidade Federal Fluminense (UFF), Elaine Aparecida Araújo.

De modo geral, as instituições usam como parâmetro para essa avaliação modelos de credit scoring. Você já ouviu falar dele e sabe como funciona?

Bancos usam credit scoring

Bancos usam modelo para medir qualidade do crédito de pessoa física. Foto: Marcelo Camargo, Agência Brasil

Conceito de credit scoring

Segundo Elaine, o credit scoring é um modelo quantitativo empregado por instituições financeiras na mensuração e previsão do risco de crédito. “Esses modelos têm uso consolidado no processo de concessão de crédito dessas instituições”, diz.

Por meio de técnicas estatísticas, o credit scoring identifica as variáveis sócio-econômicas que influenciam na capacidade do cliente em pagar ou não uma dívida, ou seja, na qualidade do crédito da pessoa física.

Segundo Elaine, o sistema atribui uma pontuação que representa o risco de perda do proponente ao crédito. “Essa pontuação pode ser interpretada como uma probabilidade de inadimplência ao se comparar com um ponto de corte ou pontuação mínima aceitável ou determinar o aceite da proposta de crédito, empréstimo ou financiamento”, explica.

De acordo com a professora da UFF, o credit scoring pode ser aplicado tanto à análise de crédito de pessoas físicas quanto empresas. No primeiro caso, utiliza informações cadastrais e de comportamento dos clientes. Já quando aplicado a empresas, são utilizados índices financeiros como variáveis determinantes ou não da insolvência das mesmas.

Credit scoring no Brasil

No Brasil, o credit scoring é utilizado, por exemplo, pela Serasa Experian, entidade de defesa ao crédito consultada por instituições financeiras e bancárias para verificar o risco de inadimplência do solicitante de um empréstimo ou financiamento.

No caso da Serasa, o modelo estabelece uma pontuação a partir de todo o histórico financeiro do cliente nos últimos 15 anos, determinando se ele é ou não um “bom pagador” aos olhos do mercado.

Protestos, ações de execução, cheques sem fundo, dívidas com credores, dívidas com instituições financeiras e hábitos de pagamentos são utilizados para atribuir uma pontuação ao cliente que varia entre 0 e 1000.

Quanto maior a pontuação, mais fácil da pessoa conseguir aprovação do crédito. A dica para manter uma pontuação alta é sempre quitar as dívidas de modo regular e negociar os débitos vencidos e não pagos o mais rapidamente possível.

Método é legal

De acordo com o Supremo Tribunal da Justiça, a utilização do credit scoring como modelo de avaliação de crédito é uma prática lícita e autorizada pela chamada Lei do Cadastro Positivo.

O modelo deve apenas respeitar as diretrizes de tutela da privacidade e máxima transparência das relações negociais determinadas pelo Código de Defesa do Consumidor.

Você vai se interessar por:

Crédito consignado é sempre um bom negócio? Entenda

Renegociação da dívida é opção para quem busca por juros menores

Conheça as principais linhas de crédito para pessoa física

Seu nome protegido

Para pontuar bem no credit scoring, é importante se manter com o nome limpo. Se você convive com dívidas, precisa conhecer o Vivo Alerta CPF.

Entre as suas funções, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Esse artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

Empréstimo ou financiamento
sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns