Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Contracheque traz informações do salário mensal; veja como interpretar

A- A+

Se você já ingressou no mercado de trabalho, certamente já ouviu falar dele: o contracheque. Talvez conheça até seus sinônimos, como holerite ou demonstrativo de resultados da pessoa física. Mas você sabe interpretá-lo?

Dividindo o contracheque em partes

Para alguns, o contracheque pode parecer um daqueles exames médicos que você olha, enxerga um monte de números, mas não sabe o significado. É importante, entretanto, saber interpretar suas informações, para entender, por exemplo, porque o seu salário está menor (ou maior) do que o valor assinado no contrato.

Por isso, o documento está dividido em partes. No cabeçalho, estão expostos dados importantes do funcionário, como o nome completo, data de admissão e cargo. Isso é, antes de mais nada, um documento comprobatório de vínculo empregatício. Em alguns casos, aparece também o número do PIS/Pasep e da carteira de trabalho.

contra-cheque

Todos que começam no mercado de trabalho precisam conhecer o contracheque. Foto: iStock, by Getty Images

No corpo do contracheque é apresentado o número de dias trabalhados, os valores a receber, os descontos referentes a encargos sociais (como recolhimento ao INSS), subsídios diversos (como auxílio-creche ou valores para deslocamento) e o total de horas extras, se houver.

Já o rodapé traz o salário-base, que é utilizado para calcular a contribuição do trabalhador ao INSS. A contribuição, por sua vez, é base para o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e para o Imposto de Renda.

Contracheque: como entender os descontos

É um pouquinho complexo entender os descontos de um contracheque básico, mas não é tão difícil quanto parece. Para chegar o valor final, ou à renda líquida, é preciso subtrair a contribuição previdenciária e o imposto de renda de seu salário bruto. Veja como funciona.

Contribuição previdenciária

Em primeiro lugar, é preciso calcular a renda tributável e a contribuição previdenciária, pois elas estão intimamente ligadas. Para saber a renda tributável (ou seja, o valor sobre o qual você vai contribuir) é preciso subtrair todos os subsídios que você recebe. Suponhamos que o salário bruto seja R$ 3 mil, mas R$ 500 desse valor são referentes a auxílios como transporte e creche.

Diminuindo os auxílios, chega-se a R$ 2,5 mil, que será a renda tributável. Para chegar ao valor que será recolhido ao Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), é preciso levar em conta o valor do seu salário e faixa de contribuição onde ele se enquadra. Supondo que os R$ 2.500 em questão fiquem na faixa de 11% de contribuição, você calcula R$ 2.500 x 11%. O resultado será uma contribuição previdenciária de R$ 275. Esse é o raciocínio utilizado para qualquer cálculo.

Imposto de Renda Retido na Fonte

O segundo passo é calcular o Imposto de Renda retido na fonte (IRRF). A base de cálculo será a receita tributável menos a contribuição previdenciária. Nesse caso, a receita tributável é descoberta diminuindo do salário de contribuição (o seu salário com os descontos dos benefícios, nesse exemplo, os R$ 2.500) a contribuição previdenciária (R$ 275). Nesse caso, R$ 2.500 menos R$ 275 resulta em um valor de R$ 2.225, que será a base de cálculo do seu IR.

Antes de prosseguir no cálculo, informe-se sobre as alíquotas de IRRF do ano-calendário vigente. No ano-calendário de 2015 , o valor de R$ 2.225 fica na faixa de 7,5% de alíquota de IRRF, de onde deve ser subtraído R$ 134,08. A fórmula para calcular IR é a base de cálculo x a alíquota de IRRF menos o seu respectivo valor a subtrair. Nesse caso, R$ 2.225 x 7,5% – 134,08. O IR será de R$ 32,79.

Salário líquido

Por fim, para entender o salário líquido que aparece em seu contracheque, basta diminuir, do salário bruto (R$ 3 mil), os R$ 275 da contribuição previdenciária e os R$ 32,79 do IR. Pronto, você receberá R$ 2.692,21.

Não fique sem créditos

Se o seu salário não está chegando até o final do mês, você não precisa ficar sem falar. O Vivo Crédito Antecipado Voz permite antecipar R$ 3 em crédito, que será descontado automaticamente da sua próxima recarga.

> Crédito Antecipado de Voz: Garanta R$ 3 de crédito até a próxima recarga do celular pré-pago

Gostou das dicas de contracheque? Cadastre-se e receba nossa newsletter.

o que são benefícios assistenciais
melhor lugar para trabalhar
Saiba o que é o teto dos gastos públicos
Já sabe o que fazer quando terminar a faculdade
Cuidando das finanças no lar
Fazendo o controle de finanças na prática