Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Consórcio ou financiamento? Saiba qual caminho seguir ao adquirir um bem

A- A+

Quando se precisa de um volume alto de dinheiro para adquirir um bem, é normal surgir uma série de dúvidas. Na hora de comprar casa ou carro, as interrogações se multiplicam e, entre elas, está a definição entre consórcio ou financiamento para concretizar o sonho. Saber como funciona cada opção é essencial para fazer um bom negócio.

As duas modalidades são utilizadas para aquisição de imóveis e automóveis, mas é no segundo caso que a dúvida quanto a consórcio ou financiamento pode ser maior. Afinal, há muitas opções para a compra de veículos atualmente. Mesmo um usado é válido como entrada e pode fazer muita diferença no valor pago.

Mulher em dúvida por consórcio ou financiamento

Escolha por modalidade depende da urgência em contar com o novo imóvel. Foto: iStock, Getty Images

Como se decidir por consórcio ou financiamento

Para bater o martelo entre consórcio ou financiamento, o que vai determinar é a urgência que você tem para adquirir o bem. No consórcio, por exemplo, não há como ter certeza de que será contemplado em breve. Saiba um pouco mais sobre cada modalidade.

Consórcio

O consórcio pode ser explicado como um grupo de pessoas que reúne-se mensalmente, durante um período pré-determinado e com os valores das parcelas também definidos. Dependendo dos valores em caixa, há um sorteio mensal, pela Loteria Federal.

Mesmo que se faça o consórcio por um período longo, como cinco anos, a única garantia de aquisição do bem é após o pagamento de todas as parcelas, como uma espécie de poupança forçada.

Entretanto, quando o usuário tem condições de dar um lance (uma espécie de entrada), ele tem mais chances de ser contemplado. Ainda assim, essa modalidade de compra é mais indicada para pessoas que não têm urgência em usar o bem.

Embora mais lento, ele tem larga vantagem financeira em comparação ao financiamento. Como o bem será totalmente pago até a retirada, não há taxas de juros. O único encargo fica por conta da taxa de administração da instituição que conduzirá o grupo. Geralmente, é um valor baixo.

Você vai se interessar por:

Descubra se o consórcio imobiliário pode valer a pena

Financiamento habitacional é opção para adquirir imóvel

Indenização por atraso na entrega de imóvel é direito do consumidor

Financiamento

Há uma grande variedade de financiamentos, principalmente para aquisição de veículos. São linhas de crédito oferecidas diretamente pelos bancos ou disponibilizadas pelas próprias concessionárias, por meio de parcerias com instituições financeiras.

Nesse caso, o comprador pode sair da loja já de posse do bem, independentemente de possuir ou não um recurso para entrada. O custo dessa facilidade, entretanto, inclui IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e taxa de juros a ser definida pelo concedente do crédito.

A garantia do financiamento é a alienação fiduciária. Ou seja, o bem pode ser retomado em caso de falta de pagamento. Geralmente, é estipulado um número limite para as prestações em atraso e, quando ultrapassar esse limite, o banco ou financeira pode reaver o veículo.

 

Já se decidiu por consórcio ou financiamento? Deixe seu comentário.

Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
Empréstimo ou financiamento
micro-ondas ou forno elétrico
geladeira com freezer ou congelador