Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Conheça os tipos de manutenção para manter seu carro em dia

A- A+

Mais do que um condutor consciente, você é um proprietário que preza pela bom estado do seu carro? Conhecer os diferentes tipos de manutenção veicular é condição básica para isso. E os benefícios, que são evidentes para a maior segurança do trânsito, aparecem também no bolso, já que é possível evitar gastos inesperados com reparos mais complexos.

Seja preventiva, preditiva ou corretiva, a manutenção do veículo tem por objetivo conservá-lo em condições de perfeito funcionamento. Cada uma delas tem objetivos e prazos diferentes, o que exige atenção. Não deixe que o carro o coloque em risco e desestabilize suas finanças: programe o orçamento com antecedência.

Mecânico conhece todos os tipos de manutenção

Fazer a manutenção preventiva evita gastos maiores com reparos complexos. Foto: iStock, Getty Images

3 tipos de manutenção veicular

Confira detalhes sobre os diferentes tipos de manutenção veicular e saiba em que situações deve recorrer a cada um deles:

Preventiva

Esse tipo de manutenção possui um calendário pré-determinado pelo fabricante. Como o nome já sugere, é baseado em um plano para prevenir o surgimento de possíveis problemas, além de permitir identificar de forma precoce eventuais falhas no veículo.

Na manutenção preventiva são realizadas as trocas de componentes, fluidos ou óleos, além de ajustes e verificações sobre a performance do carro.

Preditiva

Apesar de muitos a confundirem com a preventiva, a manutenção preditiva se refere à substituição de peças, visando ajustes à performance do veículo antes que ele venha a apresentar problemas.

Essa identificação é feita com uso de programas específicos que monitoram, analisam e diagnosticam possíveis falhas.

Corretiva

A manutenção corretiva é realizada quando o carro apresenta algum problema e necessita de uma troca ou procedimento imediato para corrigi-lo. Ou seja, esse é o serviço que visa restaurar ou corrigir o funcionamento do veículo.

É importante lembrar que, entre os tipos de manutenção, esse pode ser o mais perigoso para as finanças, pois pode ocorrer a qualquer momento, inesperadamente e demandar gastos maiores. Além disso, podem exigir que o veículo fique parado no aguardo de uma possível peça.

Mantendo seu veículo em bom funcionamento

A rotina agitada faz com que muita gente deixe para depois a manutenção do veículo. No entanto, apesar de essa revisão ser sinônimo de gastos, para que o seu orçamento não acabe no vermelho, é importante se organizar.

A manutenção do veículo mensal, de uma maneira geral, equivale a 3% do valor do carro. Por isso, coloque esse valor na sua planilha de gastos mensais e, mesmo que ele não venha a ser utilizado, mantenha uma reserva para possíveis surpresas.

Esteja atento ao plano de manutenção do veículo e evite postergar a revisão. O balanceamento e alinhamento dos pneus, por exemplo, devem ser feitos, em média, a cada 10 a 15 mil quilômetros rodados. O mesmo serve para os freios, uma das partes mais essenciais para a sua segurança no veículo.

Lembre-se que alguns tipos de manutenção não visam a quebra do seu orçamento, mas a identificação precoce e solução de um possível problema que viria a custar ainda mais caro depois.

Você vai se interessar por:

Assistência em emergências

Para que a exigência de uma manutenção corretiva não prejudique suas finanças, a dica é garantir segurança para os momentos imprevistos. Com o Vivo Assistência Casa e Auto, você conta com serviços de eletricista e encanador para sua casa, socorro mecânico para seu automóvel e chaveiro para os dois, sempre que precisar, por apenas R$ 5,90 por mês.

> Vivo Assistência Casa e Auto: Garanta socorro mecânico em emergências

E você, costuma fazer a revisão dentro do período indicado? Comente e compartilhe as dicas!

como calcular a reforma de um apartamento
quanto custa um seguro de casa
como escolher uma seguradora de veiculos
preço de imoveis começa a cair
economizar no seguro da casa
economizar no seguro do carro