Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Conheça os tipos de dívidas mais comuns e cuide das suas finanças

A- A+

O número de brasileiros inadimplentes cresceu em todo o país durante o mês de maio, quando comparado aos dados do mesmo período do ano passado. A pesquisa é do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e mostra que são diversos os tipos de dívidas que fazem parte da conta.

Mas você sabe quais são as dívidas que mais acumulam atrasos? Entre as áreas analisadas no estudo, água e luz são as que somam a maior alta de inadimplência, em uma média nacional de 13,31%. Na sequência aparece a comunicação, com um total de 12,02%.

Para quitar todas as dívidas, avalie os números do seu orçamento e o que eles permitem. Foto: iStock, Getty Images

Para quitar as dívidas, avalie os números do seu orçamento e o que eles permitem. Foto: iStock, Getty Images

Tipos de dívidas mais comuns no país

Apesar do aumento no déficit de pagamentos estar diretamente relacionado a serviços como água e luz, eles não representam as principais razões que levam os brasileiros a ficar com o nome sujo. Segundo outro levantamento do SPC Brasil, 61% dos entrevistados inadimplentes afirmam que foram negativados por falta do pagamento da fatura do cartão.

Conforme explica Marcelo Claudino, educador financeiro e sócio-fundador da TopConsulting, o cartão de crédito pode ser uma ferramenta útil para planejar o fluxo de despesas mensais, a partir do prazo concedido para quitar a fatura.

O problema começa quando o limite oferecido é encarado como uma renda adicional, disponível para consumo. Com gastos maiores do que o orçamento permite, as parcelas começam a acumular e muitos recorrem ao pagamento do crédito rotativo, que envolve juros mais altos.

Na sequência, aparecem dívidas relacionadas a parcelas de cartões de loja (51%), ao pagamento de empréstimos (31%) e de boletos bancários (37%). Ainda 20% dos entrevistados atribuem os atrasos a cheques sem fundo, 18% ao cheque especial e 15% a financiamentos.

Como quitar todos os tipos de dívidas

Quando as dívidas são uma realidade e parecem se acumular, o primeiro passo é organizar o seu orçamento e avaliar como elas podem ser quitadas. Afinal, é a falta de planejamento das finanças que permitiu que a sua conta ficasse negativa.

Para começar, reúna todas as contas em atraso e avalie o total que elas somam e as taxas de juros envolvidas em cada uma delas. Ao mesmo tempo, faça as contas, corte gastos desnecessários e descubra qual é o valor da sua renda que pode ser destinado ao pagamento das parcelas que precisam ser quitadas.

Com todos os dados em mãos, é hora de elaborar uma proposta e negociar com os credores. Dê preferência às dívidas que somam valores e juros maiores, pois também são elas que mais vão onerar o dinheiro que você possui disponível.

Lembre-se de que a empresa para a qual você deve tem interesse em receber a quantia e, na maioria das vezes, vai estar disposta a oferecer alternativas e também a ouvir suas proposições. Seja sincero e exponha sua situação financeira, assim fica mais fácil encontrar uma saída que agrade aos dois lados.

 

Gostou das dicas sobre tipos de dívidas? Compartilhe!

como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho
como se relacionar com as pessoas no ambiente de trabalho
como aumentar a produtividade