Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Conheça os cuidados para não pagar excesso de bagagem

A- A+

Há uma dúvida que assola viajantes de qualquer parte do mundo: qual o limite de peso que pode ser levado para não pagar excesso de bagagem? A resposta depende, basicamente, de dois fatores: se a viagem é nacional ou internacional e, no segundo caso, das regras do país de destino.

O que é considerado excesso de bagagem no Brasil?

Conforme a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a franquia de bagagem para voos nacionais – ou seja, o volume que pode ser despachado – é de 23 quilos, tanto para adultos quanto para crianças.

Caso ultrapasse essa franquia, o excesso de bagagem está sujeito à aprovação e cobrança por parte da companhia aérea. Mesmo artigos esportivos (como pranchas de surfe e bicicletas), instrumentos musicais e outras bagagens diferenciadas estão incluídos nessa pesagem.

seudinheiro-Excesso-de-bagagem

Cada passageiro tem direito a despachar duas peças com 32 quilos cada. Foto: iStock, by Getty Images

Bagagem de mão também tem limite

Embora nem todas as companhias pesem a bagagem de mão, ele também tem um peso limite estipulado, que é de 5 quilos. Além disso, suas dimensões (a soma de comprimento,  largura e altura) não podem ultrapassar 11 centímetros. Mais do que isso já é considerado excesso de bagagem e está sujeito à cobrança.

Portanto, seja econômico na quantidade de pertences que irá levar consigo. Dê preferência ao que for realmente importante, até porque o peso não é o único limitador. Objetos cortantes ou perfurantes (tesouras de unha, canivetes) também não podem ser transportados na cabine de passageiros.

Mesmo um voo de trecho nacional pode fazer o embarque pelo lado internacional – essa informação geralmente é repassada no ato da compra. Nesse caso, o transporte de líquidos, cremes e géis deve ser em frascos transparentes (máximo de 100 ml), vedados, em necessaire transparente (máximo 20 cm x 20 cm), não ultrapassando o total de 1 litro.

Voos internacionais: excesso de bagagem muda conforme o destino

Antes de arrumar suas malas para um voo internacional, é importante checar com a empresa aérea se o país de destino possui a franquia de bagagem por peças ou por peso. No primeiro, cada passageiro tem direito a despachar duas peças com 32 quilos cada.

Você vai se interessar por:
Descubra como agir em caso de bagagem danificada durante o voo
Confira 4 dicas para aproveitar bem as férias
É turista de primeira viagem? Confira dicas para fugir de problemas

Já na franquia por peso, o total não pode ultrapassar 40 quilos na primeira classe, 30 quilos na classe intermediária, 20 quilos na classe econômica e 10 quilos para crianças de colo que não estejam ocupando assento. Portanto, o excesso de bagagem varia conforme a classe escolhida. E lembre-se de verificar o tipo de franquia também para a bagagem de mão.

Outro cuidado necessário, em viagens internacionais onde há trechos internos, é verificar se as passagens são conjugadas. Em caso negativo, o trecho nacional só aceitará o limite de voos domésticos, de 23 quilos. Se for conjugada, o limite internacional poderá ser embarcado já no primeiro voo, sem ser considerado excesso de bagagem.

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

como economizar na limpeza
organizar a mala
esconder gastos
free shop
moedas mais caras do mundo
quanto gastar na europa por dia