Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Conheça o serviço para monitorar consulta ao CPF

A- A+

Consumidores com nome sujo ou pendências fiscais acabam tendo seu CPF cadastrado em serviços de proteção ao crédito, o que pode causar uma grande dor de cabeça. Uma consulta ao CPF cadastrado na relação de inadimplentes pode impossibilitar uma compra ou limitar acesso ao crédito.

CPF é a sigla para Cadastro de Pessoa Física, um documento emitido para os contribuintes. O banco de dados com os cadastros é gerenciado pela Secretaria da Receita Federal. Qualquer pessoa física que queira abrir uma conta no banco, ter um cartão de crédito ou abrir crediários, fazer empréstimos ou financiamentos é obrigada a ter um CPF. Ele também é necessário para tarefas como declaração anual de ajuste de Imposto de Renda de Pessoa Física, por exemplo.

“É importante para o consumidor saber a situação atual do seu CPF antes de realizar compras ou contratar serviços”, explica Dorival Dourado, presidente da Boa Vista Seguros.

Shutterstock

Consulta ao CPF é importante para avaliar possíveis pendências financeiras. Foto: Shutterstock

“Caso o número do CPF esteja com pendências (débitos atrasados em lojas ou de algum tributo federal) e tenha entrado na lista de restrições do SPC ou Serasa, a compra ou contratação do serviço pode ser inviabilizada”, conta Dourado. A consulta pode ser realizada por vários meios, gratuitos ou pagos.

Onde fazer a consulta do CPF?

Em caso de pendências fiscais (tributos atrasados), a consulta à situação do CPF pode ser realizada no próprio site da Receita Federal. No site, a pessoa física pode emitir uma certidão negativa do documento. A consulta pode ser realizada nas abas “Cidadão” – “Certidões”.

A pessoa física também pode realizar uma consulta à sua situação no SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) ou na Serasa. O SPC lista consumidores com dívidas em estabelecimentos comercias em geral, já a Serasa cadastra pessoas que possuem algum tipo de inadimplência em bancos.

A maioria das empresas e instituições bancárias fazem consultas à base cadastral dos dois sistemas antes de efetuarem vendas a prazo ou durante análise de crédito com o objetivo de diminuírem o risco de inadimplência. Quem tem o nome sujo na praça, automaticamente, tem restrição no acesso a compras ou empréstimos e financiamentos.

Para evitar constrangimentos, a pessoa física pode fazer consulta gratuita da sua situação no SPC ou Serasa. Para isso, basta que ela se dirija pessoalmente a uma das centrais de atendimento dos serviços munido de identidade ou carteira profissional e o número do CPF.

Os endereços dos postos de atendimento do SPC são informados pelas Associações Comerciais e Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDLs) de cada cidade. No caso da Serasa, o consumidor pode consultar os endereços no próprio site da instituição.

A consulta informa a situação do CPF e, no caso de pendências, informa as empresas credoras.

Consulta: monitoramento do CPF

Atualmente, você pode monitorar seu CPF em tempo real. Além da comodidade de receber avisos imediatos de consulta do seu CPF, esse tipo de serviço evita ainda possíveis fraudes.

Outra facilidade para o consumidor é informar quais empresas estão consultando seu documento. Você pode receber alertas sobre as movimentações também caso alguma pendência seja registrada no seu CPF em sistemas de restrição ao crédito, como Serasa ou SPC.

O serviço de monitoramento ainda avisa quando existe alguma tentativa de abertura de empresa com o número do documento ou se o título estiver prestes a entrar no cadastro de inadimplentes.

Em parceria com a Serasa Experian, a Vivo oferece o Vivo Alerta CPF, um serviço que permite que seus clientes recebam notificações via SMS sempre que:

  • Ocorrer uma alteração no status de seu CPF nas bases de dados da Serasa Experian
  • Uma empresa consultar seu nome nas bases de dados da Serasa Experian
  • Uma empresa estiver prestes a negativar o seu nome nas bases de dados da Serasa Experian.
> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Gostou das dicas sobre consulta ao CPF? Compartilhe!

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças