Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Conheça e aplique 6 dicas de educação financeira para jovens

A- A+

Assim como nos preocupamos em ensinar uma série de coisas importantes aos filhos, também é preciso investir em educação. E não é apenas da escola que estamos falando, mas da educação financeira para jovens, tão importante, embora nem sempre valorizada e praticada.

Há anos, vem sendo noticiado o crescente número de jovens endividadosA maioria deles não consegue achar um equilíbrio entre a remuneração do estágio e o estilo de vida que levam.

Sem preparo para utilizar essas ferramentas, eles acabam gastando mais do que ganham e entrando em uma bola de neve devido aos juros das dívidas.

Educação financeira para jovens

Definir metas, como cursar uma faculdade, é forma de se educar financeiramente. Foto: iStock, Getty Images

6 dicas de educação financeira para jovens

É preciso ter paciência e disciplina. Afinal, promover a educação financeira para jovens não está entre as tarefas mais fáceis. Mais do que isso, é importante dar exemplos concretos de atitudes conscientes desde a primeira infância.

Conhecer a situação

A primeira dica de educação financeira para jovens é conhecer seu perfil de consumo. O indivíduo precisa saber se é gastador ou poupador, se consegue viver com o ganha ou se perde o controle facilmente, se resiste aos supérfluos ou não.

Planejar

Passo essencial para que os jovens consigam controlar o orçamento sem deixar de curtir a vida é ensiná-los a planejar. É interessante fazer planos para curto prazo (cerca de um ano), médio (dez anos) e longo prazo (mais de dez anos).

Calcular

Após definir seus sonhos e metas – como pagar a faculdade, fazer um intercâmbio ou comprar um carro – é essencial calcular quanto deverá guardar por mês para conseguir alcançar seus objetivos. Isso, claro, sem deixar de lado os momentos de lazer.

Poupar

Se você conseguiu passar por todas essas etapas, é hora de colocar em prática. A única forma de fazer isso é poupando. É importante guardar o dinheiro e, quando houver uma quantia interessante, fazer algum investimento com rentabilidade.

Você vai se interessar por:

Utilize a educação financeira ao seu favor e evite as dívidas

Como ensinar educação financeira aos filhos

Mesada pode ajudar na educação financeira dos filhos

Manter o controle

Não basta fazer tudo isso. É preciso ainda praticar o controle de gastos – e de ganhos, se você for um bom poupador. Não há como manter as contas em dia sem anotar as despesas.

Além disso, os índices de rendimento dos seus investimentos podem mudar. Para garantir o resultado que você quer no tempo previsto, talvez você precise se adequar a novas realidades ao longo do tempo.

Buscar conhecimento

Educação financeira para jovens também significa conhecer melhor as ferramentas de compra, que muitas vezes são as responsáveis pelas dívidas. Cheque especial e cartão de crédito, por exemplo, se não usados com correção, podem trazer dificuldades em razão dos juros altos.

 

Gostou das dicas sobre educação financeira para jovens? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria