Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Conheça 5 vantagens no uso da educação financeira nas escolas

A- A+

Capaz de trazer mais saúde para o bolso do cidadão brasileiro, a implantação de educação financeira nas escolas também se revela benéfica e já faz parte de um programa federal instituído há cinco anos.

Criada a partir do Decreto 7.397/2010, a ENEF (Estratégia Nacional de Educação Financeira) conta com um plano diretor e objetiva auxiliar a população a tomar decisões mais conscientes relacionadas ao seu dinheiro.

Ao identificar que o endividamento atinge 54% dos lares do país, conforme levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), um caminho para a mudança passa pelas futuras gerações, contemplando a inserção de lições de autonomia e controle na realidade infantil.

Educação financeira nas escolas beneficia crianças

Crianças que aprendem o real valor do dinheiro se tornam adultos mais conscientes. Foto: Shutterstock

5 vantagens da educação financeira nas escolas

Para o educador financeiro e presidente da DSOP, Reinaldo Domingos, são muitas as vantagens de inserir a educação financeira nas escolas. “O crescimento e o desenvolvimento de uma sociedade dependem também de educar financeiramente os cidadãos, ensiná-los a controlar seus recursos e respeitar o orçamento”, diz o profissional.

Segundo ele, a educação é mais do que aprender a administrar os próprios bens. Ela promove uma mudança de comportamento e o abandono de alguns velhos e maus hábitos com relação a administração do próprio dinheiro.

Domingo lista as cinco principais vantagens da implantação de educação financeira nas escolas. Confira:

Mudar a situação dos endividados

A educação financeira deve ser ensinada especialmente nas escolas, pois o que as crianças e jovens aprendem no colégio levam para dentro de casa, contaminando os pais e familiares com esses princípios positivos.

Informar

Os veículos de informação e o próprio currículo escolar oferecem muitas informações e noções de macroeconomia, mas, no que diz respeito à microeconomia, o conhecimento já é mais limitado. É nisso que a educação financeira aposta.

Interdisciplinaridade

O conteúdo da educação financeira nas escolas dialoga diretamente com os demais temas abordados em todas as outras disciplinas formais que compõem o currículo, não apenas as que envolvem a lógica matemática.

Abrangência

A estratégia permite a abordagem de assuntos que, geralmente, são pouco debatidos no currículo tradicional. A realização de sonhos é uma delas e pode ser conquistada através do controle e da poupança de dinheiro.

Benefício para a escola

Além de se destacar no mercado por oferecer um ensino diferenciado, a instituição que aposta no conteúdo pode assegurar a inadimplência reduzida ao estender o ensinamento para os pais.

Você vai se interessar por:

Gastos básicos da família devem ser discutidos entre pais e filhos

Pais devem conhecer e evitar os sete pecados capitais da mesada

Como ensinar educação financeira aos filhos

A importância da educação financeira nas escolas

Domingos defende que o investimento em educação é a única saída para se formar uma nova geração de pessoas mais equilibradas e conscientes e a educação financeira tem um papel importante nessa empreitada. “Para garantir a eficácia, é preciso que já as crianças tenham contato com o assunto” afirma.

O educador diz ainda que o raio de abrangência da comunidade escolar é um dos principais motivos para que as finanças sejam um tema debatido nesse ambiente. Alunos, professores, funcionários, famílias e toda as pessoas próximas da instituição são atingidos pelos assuntos levantados nesse espaço, que é de aprendizado constante.

A educação financeira nas escolas é dividida em seis diferentes eixos temáticos, conforme Domingos. São eles:

– Família

– Diversidade

– Sustentabilidade

– Empreendedorismo

– Autonomia

– Cidadania.

Segundo o educador, os temas dialogam diretamente com as diretrizes da educação mundial no século 21: Aprender a Ser, Aprender a Conviver, Aprender a Fazer e Aprender a Aprender.

 

Você tem uma boa dica? Deixe seu comentário!

quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
melhor forma de economizar
brinquedos educativos
melhores cruzeiros nacionais
rechaud