Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Descubra quais hábitos ajudam a controlar o colesterol ruim

A- A+

colesterol alto é um problema que atinge cerca de 18,4 milhões de brasileiros com mais de 18 anos e preocupa principalmente por conta de sua capacidade em ocasionar doenças cardiovasculares. O dado é da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), realizada em 2014 e aponta para a necessidade de atenção com os níveis de gordura que você consome.

Não é à toa que desde 2003 existe Dia Nacional do Controle do Colesterol, comemorado amanhã, oito de agosto. O objetivo é conscientizar a população sobre a doença e qual é a importância de manter uma alimentação saudável.

Embora o estudo aponte ainda que apenas 2,8% dos jovens com idade entre 18 e 29 anos dizem ter esse problema de saúde, é fundamental que o controle seja feito desde cedo, para evitar preocupações mais tarde.

Diferenças entre o colesterol HDL e LDL

Não é difícil ouvir alguém se referir ao colesterol como um vilão. Afinal de contas, não são poucos os problemas que ele pode causar no organismo. O que nem todo mundo sabe é que existem dois tipos dessa lipoproteína em nosso corpo: HDL e LDL.

Conforme explica James Fracasso, proprietário da Cordial Diagnóstico Cardiovascular e professor de Medicina na Unisc, a primeira possui alta densidade e é a chamada gordura boa, que não forma placas nos vasos sanguíneos – do contrário, ela até evita esse acúmulo.

“Ela é elevada no nosso organismo através da atividade física e consumo de gorduras boas, presente nas amêndoas, azeite de oliva e salmão, entre outros”, exemplifica Fracasso. Já a segunda possui baixa densidade e compõe o que conhecemos como colesterol ruim, justamente aquele que precisa ser combatido.

Essa lipoproteína se acumula nas artérias e forma placas de gordura. Com o passar do tempo e de acordo com o estilo de vida que você leva, elas podem crescer e dificultar ou mesmo impedir a passagem do sangue pelo local. Quanto isso ocorre, pode acontecer um coagulo e o fechamento da artéria. O médico lembra que é a partir desse processo que ocorre, por exemplo, o infarto do miocárdio.

O peixe é uma carne magra, ideal para controlar o colesterol. Foto: iStock, Getty Images

O peixe é uma carne magra, ideal para controlar o colesterol. Foto: iStock, Getty Images

Como driblar o colesterol

De modo geral, Fracasso aconselha que o ideal é que o colesterol LDL se mantenha em uma faixa entre 70 mg/dL e 100 mg/dL, Mas os valores, é claro, variam de uma pessoa para outra. Por isso, é importante estar atento e seguir algumas dicas.

– Alimentação: as carnes mais gordas e as frituras podem até atrair pelo cheiro e pelo sabor, mas também representam um problema para a sua saúde, principalmente quando consumidas com frequência. A dica é preferir grelhados e assados, especialmente os peixes, ricos em ômega 3. Entre as frutas, dê preferência para aquelas que possuem coloração entre o vermelho e o roxo

– Exercícios físicos: exercícios aeróbicos regulares como caminhadas mais rápidas, corridas, ciclismo e natação ajudam a reduzir o colesterol. Isso porque, ao se exercitar, você utiliza suas reservas de energia e diminui a gordura corporal acumulada. O ideal é somar um total de 150 minutos por semana em atividades

– Acompanhamento médico: para ter certeza de que o seu colesterol está sob controle, é fundamental manter uma rotina de consultas, de acordo com os prazos definidos pelo seu médico. É ele quem melhor pode orientar você sobre a necessidade de realizar exames e mesmo iniciar um tratamento.

Gostou das dicas sobre colesterol? Compartilhe!

O controle financeiro pessoal e o futebol
como abrir uma academia de ginástica
como montar uma drograria
esteira ou bicicleta ergométrica
dicas para comprar uma boa esteira
como montar uma loja de produtos orgânicos