Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Conheça 3 indícios de fraude em falso e-mail do Banco do Brasil

A- A+

Saber reconhecer se um e-mail é ou não verdadeiro pode ajudar você a se livrar de golpes. Em tempos de maior uso do internet banking, mensagens que se passam por pedidos de agências bancárias se tornam comuns, oferecendo risco. Ao receber um e-mail do Banco do Brasil, é importante ficar atento a características básicas para se proteger dos riscos.

Uma pesquisa realizada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), no ano de 2008, aponta que instituições bancárias investem cerca de R$ 1,5 bilhão por ano em sistemas de segurança.

Ainda assim, não é suficiente para impedir que 14% dos brasileiros sejam vítimas de golpes envolvendo pagamentos na internet, conforme indica a pesquisa MCSI, da Microsoft, divulgada em 2014.

Receber um e-mail do Banco do Brasil.

Ao receber e-mail de bancos, tenha atenção aos detalhes e desconfie do conteúdo. Foto: iStock, Getty Images

Fraudes em e-mail do Banco do Brasil

Um e-mail do Banco do Brasil possui sempre três características principais, responsáveis por o diferenciar de envios fraudulentos. Conheça mais sobre elas e veja indícios de fraudes que podem aparecer em mensagens falsas. Evite se confundir e proteja seus dados.

Domínio

Quando você receber um e-mail do Banco do Brasil, verificar qual o endereço do remetente é um dos passos para garantir sua segurança.

Na página oficial da empresa, a Política de E-mails alerta: para que a mensagem seja verdadeiramente da instituição, é preciso que o endereço do remetente tenha o domínio @bb.com.br, o que é utilizado pelos funcionários do Banco.

Conteúdo

Outra orientação da instituição é que nenhum e-mail do Banco do Brasil possui links que redirecionem para outras páginas ou arquivos anexos que precisem de download no dispositivo do cliente.

Se você receber alguma mensagem que aparente ser do banco e que tenha esse tipo de conteúdo, exclua imediatamente, antes de abrir os links ou baixar os arquivos.

Solicitação

O Banco do Brasil também alerta que a instituição nunca solicita o envio de dados bancários e senhas através de e-mail. Fornecer esse tipo de informação à alguém é dar possibilidades de acesso à sua conta e movimentação do seu dinheiro.

Você vai se interessar por:

Veja exemplos de fraudes em sites e e-mails para clientes Itaú

Mensagem para celular vinda do banco: confiar ou não, eis a questão

Conheça o BB Token, dispositivo de segurança do Banco do Brasil

Amplie seus cuidados com a segurança

Segundo a pesquisa da Microsoft, golpes de phishing, fraudes eletrônicas que buscam descobrir senhas e dados de cartões, causam um rombo de US$ 5 bilhões por ano aos usuários do mundo todo. Além disso, os gastos para reparar os danos deixados por esses ataques giram em torno dos US$ 6 bilhões.

O site do BB ainda informa que não bastar estar atento às tentativas de phishing em algum suposto e-mail do Banco do Brasil. É importante cuidar com as redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas, com códigos maliciosos que possam estar inseridos em imagens ou vídeos e acabem roubando informações do seu telefone através de vulnerabilidades do sistema.

Nas agências físicas, o Banco do Brasil também indica cuidados. Pessoas que esbarrem em você quando estiver com o cartão nas mãos ou que se mostrem solícitas demais para ajudar, mesmo sem você pedir, podem estar tentando coletar informações sigilosas da sua conta.

Não diga sua senha ou código de letras a ninguém e procure comunicar-se apenas com alguém que você conheça.

 

Já sabe identificar fraude em falso e-mail do BB? Comente!

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças