Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Confira quais setores oferecem mais vagas de emprego

A- A+

De acordo com dados do Ministério do Trabalho e Emprego, ao longo dos últimos 12 meses (de abril de 2014 a março de 2015), os setores de comércio e serviço foram os que ofereceram mais vagas de emprego.

Em março desse ano, o setor do comércio fez mais de 418 mil contratações, enquanto o setor de serviços ultrapassou a marca das 708 mil contratações. As informações dão uma ideia de onde o trabalhador pode encontrar mais vagas de emprego disponíveis no mercado atualmente.

Comércio e serviços lideram ofertas de mais vagas de emprego

Em relação aos subsetores dentro do comércio e serviços determinados pelo Ministério do Trabalho, os que ofereceram mais vagas de emprego no acumulado de 2015 até o momento foram os de comércio atacadista, ensino e serviços médios, odontológicos e veterinários.

mais vagas de emprego: homem é cumprimentado depois de ser entrevistado por banca com 4 entrevistadores

Analista de Big Data,é uma profissão que vem crescendo cada vez mais. Foto: iStock, by Getty Images

De acordo com dados do Centro de Apoio ao Trabalho (CAT), ligado a Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo (STDE), da Prefeitura de São Paulo, o setor de alimentos é o que tem oferecido mais vagas de emprego. Em abril, foram mais de 1,6 mil vagas ofertadas para trabalhar no segmento.

Os dez cargos com mais vagas de emprego ofertadas no mês de abril em São Paulo foram: atendente de lanchonete, operador de telemarketing ativo, auxiliar de limpeza, operador de telemarketing receptivo, porteiro, promotor de vendas, operador de telemarketing ativo e receptivo, recepcionista e caixa, técnico de apoio ao usuário de informática e conferente de mercadoria.

Mais vagas de emprego: outros setores

Além do comércio e serviços, apenas um outro setor também apresentou índice positivo de contratação (mais contratações do que demissões) durante os últimos 12 meses: o de serviços industriais de utilidade pública. Foram pouco mais de 98 mil contratações contra quase 96 mil demissões.

O setor com maior índice negativo de contratação foi o da construção civil. Nos últimos 12 meses, foram demitidos mais de 2,8 milhões de profissionais contra apenas 2,5 milhões de contratações.

Os setores de extrativa mineral e indústria de transformação também tiveram índices negativos de contratação. Administração pública e agropecuária completam a lista dos setores que demitiram mais do que contrataram, mas com índices menores.

Setores que exigem formação profissional

No caso das vagas que exigem formação profissional, de acordo com pesquisa realizada pelo portal Vagas Profissões, os profissionais que têm mais facilidade de conseguirem novas posições no mercado de trabalho são: psicólogos ou profissionais de desenvolvimento humano, especialistas em mídias sociais, profissionais de e-commerce, engenheiros e técnicos de infraestrutura, gestores de projetos, desenvolvedores de sistemas e de softwares para mobile.

Uma das profissões com demanda crescente em vários setores são aquelas que lidam com controle e organização de dados e informações, caso de analistas de Big Data.

O analista de big data realiza processamento de grandes volumes de dados com o objetivo de criar análises e relatórios sobre a empresa para melhor entender base de clientes e os negócios.

Cobertura garante recarga

Você sabia que a Vivo possui um serviço de seguro de recarga, que pode fazer a diferença na hora em que você mais precisar? Em parceria com a Zurich Seguros, a empresa oferece o plano Recarga Garantida. O pagamento mensal, de R$ 4,99, dá direito a R$ 80 em crédito no celular em caso de desemprego.

> Vivo recarga Garantida: Assegure R$ 80 de carga no celular pré-pago em caso de desemprego

Gostou das dicas para mais vagas de emprego? Deixe seu comentário.

viajar para a Turquia
vale a pena pedir demissão
sonho de consumo
app para gastos pessoais
valor das tarifas bancárias
dinheiro poupança pode ser penhorado