Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Confira o valor da cesta básica no Rio de Janeiro

A- A+

Cada cidade brasileira tem um custo de vida diferente, mas todas estão enfrentando um problema comum: o aumento constante dos preços na gôndolas do supermercado. O valor da cesta básica no Rio de Janeiro, por exemplo, subiu 9,58% em maio deste ano, conforme dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Atenção ao valor da cesta básica no Rio de Janeiro

No Rio, valor da cesta básica compromete quase a metade do salário mínimo. Foto: iStock, Getty Images

O valor da cesta básica no Rio de Janeiro

Com essa variação de preços constatada durante o ano, o valor da cesta básica carioca ficou em R$ 436,63 – ligeiramente abaixo do registrado em São Paulo, mas ainda assim um dos mais altos custos do país.

Conforme os cálculos do Diesse, quando se compara a cesta básica ao valor do salário mínimo líquido (já descontos os encargos sociais), é necessário comprometer 47,9% dos vencimentos – ou seja, praticamente a metade do que se recebe.

No mês de maio, alguns produtos apresentaram alta de preços em quase todas as capitais pesquisadas. Entre os principais, estão a farinha de mandioca, o feijão, o leite, a manteiga e a batata. Muito desse aumento se deve às condições climáticas, que causaram danos à colheita, encarecendo os itens.

Dicas para economizar na cesta básica

Como o salário não consegue acompanhar o valor da cesta básica no Rio de Janeiro, a melhor estratégia que o consumidor pode adotar é ter atenção total na hora de fazer compras, avaliando todas as formas de comprar pagando menos para reduzir despesas. Veja as principais dicas:

  • Tenha sempre em mãos uma lista de compras para ir ao supermercado.
  • Não esqueça de elaborar um orçamento mensal, reservando uma quantia no mês apenas para realizar as compras da casa. Com essa informação em mãos, busque encaixar os produtos da sua lista de supermercado dentro desse limite.
  • Se quer economizar na cesta básica, não compre antes de comparar preços. Você pode fazer isso com as marcas no próprio supermercado ou entre estabelecimentos, contando com o auxílio de aplicativos que comparam preços nas proximidades de onde você está.
  • Que tal pensar em substituir determinadas marcas? Ainda que tenha preferência por alguma específica, outras de custo menor tem bastante qualidade, especialmente em produtos de higiene e limpeza.
  • Em casa, organize sua despensa e busque por produtos com data de validade curta para que sejam consumidos primeiro. Para quem quer economizar, evitar o desperdício é regra.
  • Tanto na geladeira quanto na despensa, é importante organizar os produtos de forma que seja possível enxergá-los. Essa atitude previne um erro comum: acabar comprando algo que já tem em casa e que pode estar estragando no refrigerador ou num armário. Use potes transparentes para melhor visualizar os itens.
  • Também para evitar o desperdício, uma boa dica é realizar compras com periodicidade mais frequente, em especial dos chamados itens perecíveis. Com esse hábito, vai ficar mais difícil levar para casa alimentos com prazo de validade curto e que podem acabar estragando.

Você vai se interessar por:

Economize sempre

Se o dinheiro é uma preocupação e a economia uma necessidade, você pode realizar transações bancárias sem pagar taxas por isso, com toda comodidade. Com o Vivo Zuum, uma conta pré-paga gerenciada pelo celular, você pode fazer pagamentos, transferências e até mesmo recarga de celular. Tudo isso sem mensalidades. Se preferir, você pode adquirir o cartão Vivo Zuum para fazer compras no débito e saques.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Gostou de conhecer o valor da cesta básica no Rio de Janeiro? Compartilhe o artigo!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria