Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Confira dicas para estacionar carros com segurança em qualquer lugar

A- A+

O que você leva em conta quando o assunto é estacionar carros? Segurança do bem, vagas de fácil acesso ou mesmo mais baratas? Seja qual for o critério utilizado, a escolha do local na hora de guardar seu veículo pode fazer toda a diferença.

O Vivo seu Dinheiro reuniu dicas de órgãos de defesa do consumidor para ajudá-lo a avaliar qual estacionamento é o mais adequado às suas necessidades.

Estacionar carros

Não importa o local, motorista deve guardar comprovante do estacionamento. Foto: iStock, Getty Images

Estacionar carros em locais avulsos

Nessa situação, o importante a observar é que os preços desses estabelecimentos não são tabelados e variam de acordo com cada região. Segundo a cartilha Estacionamento, do Procon de São Paulo, o valor cobrado deve estar afixado em local visível e de fácil leitura.

Devem estar expostos do mesmo modo o número de vagas, a presença de manobristas e a existência de seguro contendo número da apólice, além de informações sobre a seguradora, data do término da cobertura e os riscos compreendidos.

Outro cuidado importante é verificar se o seu relógio está de acordo com o do estacionamento e se a identificação do veículo está correta. Informe-se também sobre prazo de tolerância, se houver. Segundo o Procon, a cobrança de fração de hora é uma liberalidade do estabelecimento.

Se notar algum dano ao retirar o veículo, informe o proprietário na hora e formalize a reclamação por escrito, exigindo uma cópia protocolada, além de registrar boletim de ocorrência em uma delegacia.  

O Procon SP também adverte que a exigência do pagamento da estadia máxima em caso de extravio do comprovante do estacionamento é considerada prática abusiva, pois cabe ao fornecedor ter o seu próprio controle. Mas o prejuízo ocasionado pela perda do cartão magnético ou assemelhado poderá ser cobrado pelo fornecedor.

Estacionar carros em áreas comerciais

Assim como no caso anterior, a política de cobrança e a determinação de seu valor são liberdade do fornecedor do serviço, mas também deve haver informação clara ao consumidor.

Da mesma forma, é fundamental guardar todo e qualquer comprovante de uso do estacionamento – inclusive nota fiscal, tíquete de compra, entre outros, pois esses podem constituir prova em caso de abertura de reclamação.

Para quem for estacionar carros em São Paulo, há uma particularidade: desde 1991, a legislação determina seguro obrigatório para estabelecimentos que possuam número de vagas superior a 50.

Locais com serviço de manobrista

Estacionar carros em locais que tenha serviço de manobrista exige alguns cuidados extras. Por exemplo, certifique-se de que realmente está entregando as chaves de seu carro para o funcionário do local em questão e se ele não estacionará em vias públicas – prática proibida por lei.

O Procon recomenda que se exija e guarde o recibo de entrega ou pagamento com as seguintes anotações: nome da empresa, número do CNPJ, dia e horário do recebimento e da entrega do veículo, modelo, marca e placa do veículo.

A dica do órgão de defesa do consumidor é que esse recibo traga ainda a seguinte frase: “A empresa prestadora dos serviços de ‘valet’, assim como o estabelecimento, são solidariamente responsáveis por quaisquer danos causados aos veículos”.

Esse é um cuidado fundamental, pois, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, o estabelecimento será responder pela reparação de danos ou por quaisquer outros prejuízos que o consumidor venha a ter enquanto seu veículo estiver sob sua responsabilidade.

Essa regra vale para estacionamentos gratuitos ou não e independe do número de vagas e de contratação de seguro.

Alugar uma vaga permanente vale a pena?

Agora, se você precisa ir frequentemente a um determinado local, onde não tenha espaço próprio para estacionar carros, pode sair mais em conta alugar uma vaga permanente em algum estabelecimento nas proximidades.

Para isso, leve em conta a segurança da área, se ela é coberta e bem iluminada, se as chaves devem permanecer no local, se a vaga é fixa, se existe facilidade de manobrar e o horário de funcionamento.

Ao optar pela modalidade, o Procon recomenda fazer um contrato por escrito, discriminando o período (se mensal, quinzenal ou semanal), a data e a forma de pagamento, a multa por atraso ou rescisão contratual e a discriminação dos acessórios do veículo.  

Você vai se interessar por:

Seu carro protegido

Já sabe onde vai estacionar seu carro? Agora, é hora de garantir segurança para os momentos imprevistos. Com o Vivo Assistência Casa e Auto, você conta com serviços de eletricista e encanador para sua casa, socorro mecânico para seu automóvel e chaveiro para os dois, sempre que precisar, por apenas R$ 5,90 por mês.

> Vivo Assistência Casa e Auto: Garanta socorro mecânico em emergências

Gostou das dicas sobre estacionar carros? Deixe seu comentário!

O controle financeiro pessoal e o futebol
procurar emprego na internet
direito do consumidor em estacionamento pago
Ela aposta na longevidade saudável
Conversando sobre direitos do consumidor do plano de saúde
Pacientes com mais de 60 anos têm direito a acompanhante em caso de internação. Foto: iStock, Getty Images