Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Especialistas dão dicas para entrevista de emprego

A- A+

O primeiro passo já foi dado. Você enviou seu currículo, ele chamou a atenção dos recrutadores e, agora, é a hora da entrevista de emprego.

Essa é a fase do processo de seleção que mais assusta os candidatos. Nervosismo, ansiedade e falta de preparo são os principais obstáculos enfrentados pelos candidatos na hora de convencer os superiores de que eles são os profissionais mais adequados para o preenchimento da vaga.

A seguir, confira algumas dicas para entrevista de emprego. Diferentes especialistas de RH apontam os principais erros e destacam o que mais chama atenção positivamente durante uma entrevista.

Dicas-para-entrevista

O candidato precisa ser autêntico e demonstrar paixão e interesse. Foto: iStock, by Getty Images

Dicas para entrevista: planeje suas respostas e faça perguntas

Entre as dicas para entrevista mais comuns ditas pelos especialistas em recrutamento está a pesquisa sobre a empresa e a preparação de respostas antecipadas. Toda entrevista de emprego traz perguntas básicas referentes à formação e experiências profissionais do candidato. Elas devem ser respondidas com segurança

“É possível antecipar 90% das questões que serão feitas durante a entrevista”, afirma Laszlo Bock, chefe de recursos humanos do Google. “’Conte-me sobre você’, ‘qual sua fraqueza?’, ‘qual sua melhor característica’ são perguntas básicas feitas em todas as entrevistas “, conta. “O candidato pode então planejar suas respostas para que elas não sejam automáticas. O ideal ainda é que cada resposta apresente uma história que prove que você é capaz de fazer o que foi questionado”, recomenda.

Para Luiz Eduardo Gasparetto, especialista em Recursos Humanos, entre importantes dicas para entrevista estão pesquisar sobre a empresa e demonstrar interesse fazendo perguntas. “Estude informações básicas como há quanto tempo ela existe, quais suas áreas de atuação, missão e visão, seus principais valores e clientes, produtos e serviços oferecidos”, aconselha.

Fazer perguntas também é fundamental. A entrevista é o momento para fazê-las e o entrevistador espera por elas”, adianta Gasparetto. “Pergunte sobre os grandes objetivos da empresa e do setor aonde você deve trabalhar. Questões sobre estilo de liderança da área, tarefas prioritárias e o que se espera do novo profissional são bem recebidas, assim como sobre a cultura da empresa”.

Dicas para entrevista: demonstre paixão e interesse

A consultora de RH Flávia Fioravantti dá outra dica para a entrevista de emprego. “Fale sobre você. Muita gente se prepara apenas para as perguntas relacionadas a questões profissionais. Isso é um erro”, avalia. “As empresas estão cada vez mais interessadas também nas competências comportamentais dos candidatos”.

Para se sair bem nesse quesito, o candidato precisa ser autêntico e demonstrar paixão e interesse. “Ser autêntico na entrevista tem total relação com a felicidade que o profissional encontrará no futuro trabalho”, decreta Wagner de Freitas, fundador da Woll Consultoria e Treinamento. “Se o candidato não for autêntico na seleção, a adaptação em relação com a cultura da empresa e os conflitos com a organização vão surgir rapidamente”.

Outras dicas para entrevista válidas são: fazer anotações; tomar cuidado com as publicações em perfis de redes sociais; responder as perguntas demonstrando habilidades comunicativas e analíticas; e, se possível, checar o perfil do entrevistador no LinkedIn antes da entrevista.

Conta garantida

Você sabia que existe um serviço que oferece o pagamento total ou parcial de sua conta de celular em caso de perda de renda mensal? O Vivo Conta Garantida pode ser contratado por trabalhadores com vínculo empregatício e autônomos que, além de garantir seus pagamentos, ainda concorrem a prêmios em dinheiro.

> Vivo Conta Garantida: Assegure 3 meses de conta paga de celular em caso de desemprego

Gostou das dicas para entrevista de emprego? Compartilhe!

vale a pena pedir demissão
trabalho temporario no canadá
trabalho temporario nos EUA para brasileiros em 2016
profissões inusitadas e alternativas
o que são benefícios assistenciais
fantasma do desemprego