Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Confira dicas para aproveitar o feriado de 2 de julho na Bahia

A- A+

Feriados são sempre boas oportunidades de passar um tempo a mais com as pessoas queridas e visitar lugares que você deseje conhecer. Na Bahia, o dia 2 de julho é uma dessas datas. O dia marca a conquista da independência da Bahia. Festejos nas ruas, passeatas e desfiles são o ponto alto da data.

Casas são enfeitadas nas cores da bandeira nacional e as pessoas vão às ruas e janelas para ver o cortejo passar. Foto: Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, Divulgação

Casas são enfeitadas nas cores da bandeira nacional e as pessoas vão às ruas e janelas para ver o cortejo passar. Foto: Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, Divulgação

A tradição de 2 julho

A maior atração do feriado de independência da Bahia é o desfile com cortejo que marca a data. Segundo os historiadores do site que carrega o nome da data – 2 de julho -, o evento acontece desde 1824 e reproduz a entrada do Exército Libertador através da Estrada da Boiada, em Salvador, capital do Estado.

É na mesma Salvador que acontece o cortejo anual de homenagens. Para quem deseja comemorar a data ou estiver na capital durante o feriado, essa é uma festa tradicional e que atinge todos os cantos da cidade. As casas são enfeitadas nas cores da bandeira nacional e as pessoas vão às ruas e janelas para ver o cortejo passar.

O caminho do cortejo começa pela manhã na região da Lapinha e vai até o Terreiro de Jesus, ponto de parada do Exército Libertador em 1824. Na parte da tarde, o desfile parte da Praça Municipal e vai até o Campo Grande. Em ambos os roteiros, é possível acompanhar a montagem teatral, que representa as forças armadas, os componentes do Exército e da realeza.

Conforme a tradição, mulheres lançam flores das janelas sobre os componentes dos exércitos e os representantes de Dom Pedro I, Maria Quitéria e Joana Angélica. Esse tipo de aclamação popular é um dos muito detalhes peculiares da festa para os visitantes. Nas ruas, a culinária também é exaltada, com as baianas trajadas vendendo os quitutes típicos do Estado.

Para quem quiser acompanhar as paradas do cortejo de 2 de julho, a sugestão dos organizadores do desfile é ficar por perto das igrejas das Irmandades do Carmo e do Rosário dos Pretos. Nesses locais, as homenagens religiosas às imagens do Caboclo e da Cabocla são feitos com músicas e cantos para aclamar os personagens do evento.

Você vai se interessar por:
Confira 5 opções de turismo cultural entre julho e agosto

Para onde viajar em 2 de julho

Mas nem só de desfile vive o feriado de 2 de julho. Para quem já participou do cortejo ou quer escapar das multidões que lotam o Centro Histórico de Salvador, é possível passear pelas praias e cenários paradisíacos da Bahia. Além da arquitetura antiga e bem conservada e das ruas que guardam muito da história do Brasil.

Ilhéus, por exemplo, é a que possui o litoral mais extenso de todas as cidades da Bahia. Imortalizada pelas obras de Jorge Amado – como Gabriela, Cravo e Canela – ela conta com construções históricas, igrejas e catedrais que são patrimônios religiosos e culturais, além de belas praias, com destaque especial para Batuba e Olivença.

Se a ideia for conhecer além das praias, a Chapada Diamantina pode ser uma opção. Coberto pela Mata Atlântica, o Parque Nacional possui grutas, cânions e algumas das quedas d’água mais importantes do país. Vale conhecer os poços Azul e Encantado, além da Cachoeira da Fumaça, uma das maiores do Brasil.

Pesquise passagens e hotéis

A Vivo tem um site especializado na pesquisa de ofertas para que o usuário compre nos maiores sites de e-commerce filtrando os melhores preços e produtos em diversos departamentos: o Vivo Compras, que possui ofertas para viagens, como passagens e reservas de hotéis.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para passagens aéreas
Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico
geladeira com freezer ou congelador
vale a pena comprar produtos da apple