Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Confira dicas para viajar sem gastar muito

A- A+

Quer sair de férias sem gastar todas as suas economias? Viajar sem gastar muito é possível, mas exige planejamento de todos os detalhes. Além de economizar, a vantagem é buscar as melhores opções de roteiros e aproveitar ainda mais.

Milhas para viajar sem gastar muito

Se você usa o cartão de crédito com frequência e conta com um pacote especial, é bem provável que tenha pontos acumulados. Na maioria dos casos, eles podem ser trocados por milhas, que garantem descontos na compra de passagens aéreas ou até mesmo bilhetes gratuitos.

Seja através das milhas ou não, a dica é sempre pesquisar com antecedência. De acordo com Guta Cunha, editora do blog Vambora!, o ideal é comprar três ou quatro meses antes da viagem. Quanto mais perto da data, maiores vão ser os valores encontrados.

Na hora de fazer a busca, sites e aplicativos para pesquisa e comparação de preços podem ser fundamentais. Além de indicar o menor valor para o dia escolhido, eles sugerem alterações para datas próximas que tornam o custo da passagem menor.

Viajar sem gastar muito: e a hospedagem?

Embora os hotéis sejam as opções preferidas dos turistas, eles também costumam ser caros. Principalmente para aqueles que são jovens e viajam sozinhos, os albergues são mais em conta e permitem economizar nas diárias.

Na maioria deles, há a possibilidade de escolher entre quartos coletivos ou individuais. Se você tem medo de se arrepender da escolha mais tarde, a dica é pesquisar sobre a reputação do local. Não é difícil encontrar na internet sites de resenhas e blogs de viagem que mostrem a opinião de outros clientes.

“Você consegue ver fotos reais, e não produzidas, do local e vê dicas que nem sempre encontramos nos sites dos estabelecimentos, como se aquela área é mesmo segura e bem localizada, o que se pode encontrar no entorno, se tem Wi-Fi e se realmente funciona”, explica a editora do blog Vambora!, Guta Cunha.

Para viajar sem gastar, planeje todos os detalhes com antecedência. Foto: iStock, Getty Images

Economizar nos passeios e alimentação

As passagens e hospedagem costumam ser os primeiros itens que chamam a atenção na hora de calcular os gastos de uma viagem, mas não devem ser os únicos. É preciso estar preparado para arcar com os passeios e a alimentação. Uma dica para fugir dos altos preços é buscar os lugares menos clichês, especialmente na hora de se alimentar.

Também não agende passeios em excesso. Além de gastar mais, você acaba não conhecendo os lugares como gostaria e o que era para ser uma experiência prazerosa vira correria. Caso decida fazer compras, pesquise sobre a possibilidade de pechinchar. Guta lembra que em países como a Turquia, por exemplo, essa é uma prática comum e bem aceita. Por fim, não esqueça do principal: aproveite a viagem.

“Não seja muito rigoroso no seu planejamento. Às vezes acordar tarde faz parte, tomar um café da manhã devagar é uma delícia, ir almoçar num lugar que achou simpático andando na rua e não estava no planejamento também pode ser legal”, aconselha Guta. No fim de contas, são os seus interesses que vão guia a viagem.

Gostou das dicas para viajar sem gastar muito? Compartilhe!

queda do dólar
trabalho temporario nos EUA para brasileiros em 2016
viagens econômicas pela Europa
como lidar com a avareza
viagens econômicas pelo Brasil
economizar no seguro da casa