Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Confira 5 dicas para melhorar seu planejamento financeiro familiar

A- A+

Mais da metade da população brasileira tem dívidas. São 61% segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor. Isso pode ser sinal de que os brasileiros não sabem criar um planejamento financeiro familiar eficiente e que mantenha o orçamento mensal estabilizado.

planejamento-financeiro

Traçar metas pode ser a solução para a situação financeira familiar. Foto: iStock, by Getty Images

Organizando o planejamento financeiro familiar

A PEIC aponta que as principais dívidas dos brasileiros envolvem cheques, cartões de crédito, carnês de lojas, empréstimos pessoais e prestações de financiamentos. Para os analistas da Confederação Nacional do Comércio, entidade que realiza a pesquisa, os brasileiros ainda precisam aprender a relacionar o que ganham e o que gastam.

  • Prioridades

As coisas necessárias são aquelas que,em qualquer situação, estarão na sua lista de despesas. Relacionar esses ítens é o primeiro passo de um planejamento financeiro familiar bem estruturado. A cesta básica, a energia elétrica, o abastecimento de água e ítens semelhantes são prioridade sempre. Sabendo disso, você entende o que pode cortar do orçamento.

  • Limites

Sabendo no que você precisa gastar, consegue estabelecer o quanto pode gastar. Para Sigmund Freud, conhecido como pai da psicanálise, os limites são essenciais para que as pessoas possam agir em equilíbrio. Em um planejamento financeiro familiar isso significa que você pode conter melhor os seus gastos se souber até onde podem ir suas despesas.

  • Metas

Peter Drucker, um dos maiores estudiosos da Administração, aponta que as metas são a relação entre o que uma pessoa pode fazer e o seu objetivo final. Por isso, traçar metas pode ser a solução para a sua situação financeira. Se você estabelecer um valor mensal que deseja depositar em uma poupança, tem mais chances de conseguir meios de realizar essa economia.

  • Anotações

Uma pesquisa da Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, apontou que a memória visual é a mais forte que os seres humanos possuem. Isso quer dizer que quando você consegue ver a representação gráfica dos seus gastos, entende melhor onde precisa economizar. Anotar tudo o que você ganha e gasta pode ser uma estratégia valiosa.

  • Divisões

O nome já indica: planejamento financeiro familiar. É uma família e, assim como todos ganham, todos gastam, portanto, divida as despesas entre os componentes do núcleo. Estabeleça quem será o responsável por pagar cada conta. Isso descentraliza a responsabilidade pelas finanças da casa e pode ajudar a conscientizar todos sobre a real situação financeira da família.

Manter o planejamento financeiro familiar

Depois de organizado o seu planejamento financeiro familiar, é hora de pensar em como você vai manter todos esses planos em funcionamento. A tecnologia pode ser uma grande aliada na tarefa de administrar as contas, as datas de vencimento dos carnês e cartões, além do pagamento nas dívidas durante a agitação da rotina.

Aplicativos como o Vivo Zuum permitem que você pague suas dívidas à distância, programe o débito de algumas delas diretamente na sua conta e não fique com saldo devedor em relação a nenhuma empresa. Com essa ajuda, as chances de que você não consiga pagar alguma conta ou ultrapasse os limites de gastos são bem menores.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria